Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Mesmo com todos os estados do Brasil apresentando confirmações de pessoas doentes e mortes por coronavírus, aproximadamente 40% dos municípios do país ainda não registram casos de doenças respiratórias ou Covid-19

Mesmo com todos os estados do Brasil apresentando confirmações de pessoas doentes e mortes por coronavírus, aproximadamente 40% dos municípios do país ainda não registram casos de doenças respiratórias ou Covid-19.

Esse é um número apresentado pelo secretário Nacional de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, durante coletiva, no Palácio do Planalto, para atualizar a situação de casos no Brasil.

Para chegar a este número, foram avaliados os casos de Síndrome Respiratória Grave de acordo com o porte populacional para entender como a doença reage nos municípios, como afirmou o secretário Wanderson Oliveira.

 “Nós fizemos os extratos, colocamos o número de municípios ali com o total de habitantes e fizemos esta proporção. A gente observa que cerca de 40% dos municípios brasileiros não têm registro de Síndrome Respiratória Grave e nem registro de Covid-19 em seu território”.

Outro esforço para compreender melhor a doença, está sendo feito pelo Ministério da Saúde em parceria com o Centro Epidemiológico da Universidade de Pelotas (UFPel), que iniciou uma investigação baseada no grau de imunização para mapear o avanço da pandemia no país, como explica o secretário Wanderson Oliveira.

“O importante, além da metodologia ser precisa é ter comparabilidade entre as diversas cidades. São 133 cidades que vão fazer parte desse projeto que é o Estudo de Prevalência Populacional no Brasil”.

Aproximadamente 33 mil pessoas, destes municípios, vão fazer parte do teste rápido que detecta a presença de anticorpos a partir de amostras de sangue. Esse trabalho deve ajudar a esclarecer questões sobre a forma como o vírus está agindo no Brasil.

Para mais informações sobre a Covid-19, acesse coronavirus.saude.gov.br.

Janary Bastos Damacena/Agência do Rádio

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.