Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde, a agenda do Agosto Dourado no Paraná prevê cerca de 110 atividades em todo o Estado, realizadas em parcerias com as prefeituras, bancos de leite humano e entidades de apoio à saúde da mulher. As ações continuam durante todo o mês com o objetivo de intensificar a promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno.

São palestras e cursos de orientação sobre a importância do aleitamento, a forma correta da amamentação e o funcionamento dos bancos de leite humano. Além das mulheres, as ações envolvem os companheiros, familiares e a comunidade.

O tema do Agosto Dourado 2019 é ‘Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação. Hoje e para o futuro’. A campanha é global e promovida pela Aliança Mundial Pró-Amamentação.

Agenda

Durante esta semana, o Banco de Leite do Hospital da Criança de Ponta Grossa intensifica ações de abordagem das mães e familiares dos recém-nascidos, orientando sobre os benefícios do leite materno para as crianças. Na sexta-feira (9) acontece o Mamaço no São Camilo e atividades com a Pastoral da Criança.

Nos municípios de Arapoti, Ivaí, Porto Amazonas e Jaguariaíva, na região de Ponta Grossa, estão previstas palestras para profissionais da área da saúde e encontros para mães e gestantes.

Em Curitiba, o Hospital do Trabalhador, que integra a rede de unidades próprias do Estado, distribuirá laços dourados para divulgar a campanha.

No último domingo (04), o Mamaço aconteceu em Curitiba e reuniu as mães no Museu da Vida. Foi a oitava edição do evento organizado por mulheres e mães voluntárias.

Em Laranjeiras do Sul, na região de Guarapuava, nos dias 8 e 9, serão realizados cursos de Educação Permanente em Aconselhamento e Manejo do Aleitamento Materno e o Encontro Municipal de Gestantes e Puérperas sobre parto, amamentação e alimentação complementar.

Em São João, região de Pato Branco, acontece a campanha de incentivo à amamentação com entrevistas sobre o tema nas rádios da cidade. Em Palmas, tem encontro que destaca as técnicas corretas de amamentação e os benefícios para as mães e as crianças.

Em Coronel Domingos Soares serão promovidos sete encontros sobre o tema da campanha e, em Chopinzinho, estão previstas ações de conscientização em todas as Unidades de Saúde, capacitação para os pais, além de concurso de fotografias no portal da prefeitura.

O Baco de Leite Humano de Campo Mourão promove a Semana Mundial da Amamentação, com roda de conversa sobre o aleitamento e encontro com representantes de hospitais e de 25 secretarias municipais de saúde de integram o Comcam - Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão.

Em Santo Antônio do Sudoeste, na região de Francisco Beltrão, as equipes de saúde da família montaram um estúdio para fotografar as mães amamentado e serão feitas visitas à maternidade Santa Izabel para orientar gestantes e puérperas sobre o aleitamento.

Em Flor da Serra do Sul também foi criado um cenário fotográfico para as mães e haverá palestras direcionadas a profissionais de saúde e empresários para o incentivo à amamentação. Foram instalados dois outdoors alusivo à campanha, no Trevo e no Lago Municipal.

Ainda na região, as cidades de Manfrinópolis, Realeza e Nova Esperança do Sudoeste também promovem ações nesta semana.

Em Maringá, segue a 24ª Semana Maringaense de Amamentação com várias atividades nas maternidades da cidade. Nesta quarta-feira (7) acontecem o Mamaço e o III Encontro Café com Leite Materno.

Iguaraçu, na Região de Maringá, promove no mesmo dia encontro com gestantes e mães e, em Mandaguaçu, está acontecendo o Concurso Laço Dourado, envolvendo as escolas da cidade. No dia 10, sábado, tem hora do Mamaço.

No município de Floresta, os profissionais da saúde participaram de capacitação sobre aleitamento e as unidades de saúde estão decoradas com motivos alusivos à data.

A 17ª Regional de Londrina promove várias atividades junto ao Hospital Universitário e cursos de capacitação para agentes comunitários. O Banco de Leite Humano de Londrina também ministra palestras sobre aleitamento e doação de leite materno em hospitais da cidade e da região.

O Hospital da Zona Sul de Londrina montou um mural itinerante, no setor de pediatria, para orientar as famílias sobre a importância da amamentação para a saúde das crianças.

OURO – De acordo com Jéssica Dinardi, coordenadora da Divisão da Criança e do Adolescente, a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná participa como apoiadora das ações do Agosto Dourado em todo o Estado.

“A cor dourada foi escolhida pela organização Mundial da Saúde referindo-se ao leite materno como alimento padrão ouro para as crianças”, destaca Jéssica.

O leite materno contém os elementos essenciais e biologicamente adequados para o metabolismo do bebê. A amamentação pode prevenir que a criança tenha diarreia e pneumonia, duas grandes causas de morte infantil. Refletirá também na melhoria das condições de saúde física e mental da criança, prolongando este benefício até a idade adulta.

O Paraná possui 21 hospitais certificados Amigos da Criança, que incentivam o aleitamento materno em âmbito hospitalar e que somam 30% dos partos no Estado. A secretaria estadual da Saúde coordena a avaliação periódica desses estabelecimentos e orienta o credenciamento de novos.

O Estado tem 13 bancos de leite humano e 17 postos de coleta de leite materno que qualificam a assistência neonatal e contribuem para a redução da mortalidade infantil. No ano passado, os bancos de leite realizaram 38.930 atendimentos individuais às mães e 26 mil visitas domiciliares. Neste período foram coletados 19.158 mil litros de leite, distribuídos para 11.690 bebês.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios