Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na quarta-feira (9), das 8h30 às 13h30, os agentes municipais de endemias vão realizar o “Dia D” na Unidade Básica de Saúde (UBS) da União da Vitória

Após as festividades de fim de ano e dias de sol forte e chuvas de verão, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Coordenadoria de Controle de Endemias, alerta a população para os cuidados redobrados no combate às endemias, em especial, a dengue.

De acordo com a gerente de Vigilância Ambiental, Diana Martins, é importante chamar a atenção da população, pois com as festas comemorativas do Natal e do ano novo, muitas garrafas e latas de refrigerante e bebidas alcoólicas são descartadas de maneira incorreta, ficando expostas às variações das condições climáticas, como o sol e a chuva. Isso pode agravar os índices de infestação do mosquito da dengue, o Aedes aegypti por exemplo, além do surgimento de outras endemias.

“As latinhas e garrafas deixadas no tempo, quando vazias, podem acumular água e servir de criadouro para o mosquito desovar e, quando com água parada, podem conter ovos que, com o calor, vão eclodir. Por isso é importante que as pessoas cuidem de seus quintais e descartem os materiais de maneira correta”, explicou.

No site da Prefeitura de Londrina, o cidadão encontra um check list com os principais pontos a serem verificados em casa ou na empresa onde se trabalha. Ele pode ser acessado pelo link http://bit.ly/ChecklistDengue e leva cerca de 10 minutos para ser colocado em prática.

Para repassar essa e outras informações acerca das diversas endemias, na próxima quarta-feira (9), das 8h30 às 13h30, os agentes municipais de endemias vão realizar o “Dia D” na Unidade Básica de Saúde (UBS) da União da Vitória, que fica na Rua Dezenove de Abril, 55, no Jardim União da Vitória II.

Eles levarão larvário, maquetes e panfletos sobre o mosquito Aedes aegypti, bicho barbeiro, escorpião, caramujo africano, caramujo da esquistossomose e o mosquito palha, para esclarecerem dúvidas sobre a dengue, zika vírus, chikungunya, febre amarela, doença de Chagas, meningite eosinofílica ou angiostrongilíase cerebral, esquistossomose e a leishmaniose.

Números

Devido aos feriados e recessos de fim de ano, a Secretaria Municipal de Saúde informa que os números referentes ao boletim semanal da dengue permanecem os divulgados na última semana, em que foram registradas 2.926 notificações de casos residentes na cidade. Deste total, 36 foram confirmados, 2.577 estão descartados, e outros 313 seguem em andamento, aguardando o resultado de exames laboratoriais.

Novas amostras laboratoriais serão encaminhadas, nesta semana, ao Laboratório Central do Estado (Lacen/PR), que é o responsável pelos exames. A partir do último domingo, 30 de dezembro, começou a contar a primeira semana epidemiológica de 2019 e devido ao recesso de fim de ano ainda não registrou oficialmente nenhum caso da doença. As semanas epidemiológicas contam-se de domingo a sábado, seguindo as convenções internacionais de saúde.

Ana Paula Hedler/NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios