Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Até o momento, o socorro financeiro de órgãos e poderes soma R$ 110 milhões para a saúde

Numa união de esforços para o enfrentamento ao coronavírus, a Defensoria Pública do Paraná vai destinar R$ 8 milhões à Secretaria da Saúde. O acordo foi costurado na noite desta quarta-feira (25) entre o Defensor Público-Geral do Estado, Eduardo Abraão, e os deputados Tiago Amaral (PSB), relator do orçamento, e Hussein Bakri (PSD), respectivamente Vice-Líder e Líder do Governo na Assembleia Legislativa.

Até o momento, o socorro financeiro que será repassado ao Governo do Estado pelos demais órgãos e poderes soma R$ 110 milhões: R$ 50 milhões do Tribunal de Justiça, R$ 37 milhões da Assembleia e R$ 15 milhões do Tribunal de Contas.

“Além dos recursos do orçamento do poder executivo, estamos viabilizando junto aos demais poderes, de imediato, aportes financeiros.  Sabemos que ainda não é o suficiente, mas é um primeiro passo”, afirmou Tiago Amaral, relator do orçamento.

“Esse dinheiro vai poder ser utilizado na compra de equipamentos básicos para os hospitais, em leitos extras de UTI e em todas as outras ações necessárias durante essa pandemia”, comemorou Hussein Bakri.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.