Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Até o momento, o socorro financeiro de órgãos e poderes soma R$ 110 milhões para a saúde

Numa união de esforços para o enfrentamento ao coronavírus, a Defensoria Pública do Paraná vai destinar R$ 8 milhões à Secretaria da Saúde. O acordo foi costurado na noite desta quarta-feira (25) entre o Defensor Público-Geral do Estado, Eduardo Abraão, e os deputados Tiago Amaral (PSB), relator do orçamento, e Hussein Bakri (PSD), respectivamente Vice-Líder e Líder do Governo na Assembleia Legislativa.

Até o momento, o socorro financeiro que será repassado ao Governo do Estado pelos demais órgãos e poderes soma R$ 110 milhões: R$ 50 milhões do Tribunal de Justiça, R$ 37 milhões da Assembleia e R$ 15 milhões do Tribunal de Contas.

“Além dos recursos do orçamento do poder executivo, estamos viabilizando junto aos demais poderes, de imediato, aportes financeiros.  Sabemos que ainda não é o suficiente, mas é um primeiro passo”, afirmou Tiago Amaral, relator do orçamento.

“Esse dinheiro vai poder ser utilizado na compra de equipamentos básicos para os hospitais, em leitos extras de UTI e em todas as outras ações necessárias durante essa pandemia”, comemorou Hussein Bakri.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios