Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Quantidade de notificações por semana epidemiológica vem diminuindo, contudo a doença continua sendo uma preocupação para o município

O Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado ontem (23), aponta queda no número de notificações relacionadas à dengue nas últimas três semanas. Na 15ª semana do ano foram registrados 29 casos notificados, na semana retrasada foram 55 e na última semana cinco. Bem menos que nas semanas epidemiológicas anteriores (12ª, 13ª e 14ª), as quais, juntas, somaram 2.228 notificações.

Mesmo assim, a cidade registra um número alto de casos confirmados de dengue, assim como outros municípios do Paraná e de todo o país. Ao todo, do início do ano até agora, Londrina computa 31.268 notificações relacionadas à doença, das quais 11.238 foram confirmadas, 4.563 descartadas e 15.409 estão em análise, aguardando o resultado de exames laboratoriais.

Até quarta-feira (22), foram registradas 34 notificações de óbitos relacionados à dengue. Destas, houve a confirmação de 19, o descarte de quatro casos e 11 seguem em investigação. A diretora de Vigilância em Saúde do município, Sônia Fernandes, ressalta que a dengue continua sendo uma preocupação para o município.

“O número de notificados por semana epidemiológica vem diminuindo, mas já registramos um número alto de mortes em função da dengue no município este ano”, apontou. A diretora reforçou que é fundamental que todos continuem vistoriando suas casas e quintais, não deixem água parada nos vasos de plantas, lavem com água e sabão os bebedouros dos animais e eliminem, do quintal, qualquer objeto que possa acumular água.

Atendimentos

Londrina conta com duas unidades de referência voltadas para atendimento exclusivo dos casos relacionados à dengue. Um deles é o Centro de Atendimento montado no Centro de Convivência da Pessoa Idosa (CCI) Norte, na Luiz Brugin, 570, esquina com a Avenida Saul Elkind. O local funciona de domingo a domingo, das 7 até 1 hora da manhã.

A outra é a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Casoni, que fica na Avenida Dez de Dezembro, 580, região central. A partir desta semana, o local não atenderá mais aos sábados. O funcionamento é de segunda a sexta, das 7 às 19 horas. Além destes locais, os pacientes também podem procurar as outras UBSs de Londrina. A exceção, no momento, são as seis unidades que estão operando somente para casos relacionados ao coronavírus e  problemas respiratórios: Guanabara (centro), Bandeirantes (oeste), Ouro Branco (sul), Chefe Newton e Maria Cecília (norte) e Vila Ricardo (leste), e também a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará, que funciona diariamente, 24h, somente para essa finalidade.

Disque-Dengue

A população pode fazer denúncias de imóveis ou áreas suspeitas de terem focos do mosquito Aedes aegypti, entre eles terrenos baldios ou ambientes que possam facilitar a proliferação do vetor. O contato pode ser feito pelo telefone 0800-4001893, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.