Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Seguindo a campanha de vacinação contra covid-19, a Prefeitura de Cambé, por meio da Secretaria de Saúde, inicia neste sábado (08) a vacinação de gestantes com comorbidades. No mesmo dia, também serão vacinadas as pessoas de 55 a 59 anos, também com comorbidades e que se cadastraram previamente. O cadastro realizado na UBS já garante que a pessoa está apta a receber a vacina. Não é necessário aguardar confirmação por e-mail ou SMS.

As aplicações serão por sistema de drive thru, na Rodoviária (Avenida Brasil, 1336 - Vila Salomés) e no Centro da Juventude (Avenida Pedro Viriato P. de Souza, 953 - Jardim Castelo Branco), das 9h às 13h. É preciso levar documentos de identificação (RG e CPF) e um comprovante de residência. No caso das grávidas, também é preciso apresentar a carteira de gestante.

Quem tem de 50 a 59 anos, que possuam alguma comorbidade e ainda não se cadastrou, ou pessoas com 60 anos ou mais que não tomaram a primeira dose nos dias estipulados, precisam se dirigir a uma das seguintes Unidades Básicas de Saúde (UBS): Ana Rosa, Centro de Saúde, Cristal, Cambé II, Guarani, Novo Bandeirantes, São Paulo, Santo Amaro e Silvino, às quartas, quintas e sextas-feiras, das 14h às 19h. Para este grupo, o dia de vacinação será divulgado no site e redes sociais da Prefeitura.

 “Pedimos às pessoas que se enquadram nestes requisitos que façam o cadastramento. Precisamos saber quantas pessoas são para podermos planejar a vacinação de forma mais eficiente e ágil”, ressaltou Simone Lopes, Enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Cambé.

Podem se cadastrar pessoas com alguma das seguintes comorbidades: diabetes; doença pulmonar obstrutiva crônica; fibrose pulmonar; asma grave; pneumococonioses; hipertensão arterial resistente (HAR); hipertensão arterial estágio 3; hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade; hipertensão descompensada com uso de anti-hipertensivo; insuficiência cardíaca; hipertensão pulmonar; cardiopatia hipertensiva; síndromes coronarianas; valvopatias; miocardiopatias e pericardiopatias; aneurisma; dissecções; hematomas da aorta ou outros grandes vasos; arritmias com importância clínica e/ou cardiopatia associada; cardiopatias congênitas em adultos; próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; doença renal crônica estágio 3 ou mais e/ou síndrome nefrótica; imunossuprimidos; anemia falciforme; obesidade mórbida (IMC maior que 40); síndrome de down e cirrose hepática.

É necessário levar o CPF e o RG, comprovante de residência – deve ser morador de Cambé – dos últimos 60 dias, receita médica ou atestado médico que comprove alguma das comorbidades – dos últimos seis meses. A Secretaria de Saúde ainda ressalta que o cadastro pode ser feito pela própria pessoa ou por outra, desde que apresente todos os documentos.

NCPMC

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.