Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Vereadores da Seguridade Social, comissão presidida pela vereadora Lenir de Assis, indicam campanha para a conscientização sobre a gravidade da doença

Realizar uma campanha de conscientização da população londrinense sobre a gravidade do momento, em relação à Covid-19 e a necessidade da adoção de medidas preventivas contra o novo coronavírus. Este é o objetivo de uma indicação da Comissão de Seguridade Social, presidida pela vereadora Lenir de Assis (Partido dos Trabalhadores). A proposta foi aprovada, ontem, pela Câmara Municipal de Londrina. A Comissão de Seguridade Social, também, é integrada pelos vereadores Chavão e Ailton Nantes.

A vereadora lembra que Londrina tem 754 óbitos registrados por Covid-19, sendo quase 40 mil diagnósticos da doença.  “Diante desse contexto, encaminhamos a demanda ao Poder Executivo, solicitando a adoção das medidas cabíveis para o início imediato de campanha, sob pena de graves prejuízos à saúde coletiva local”, afirma Lenir de Assis.

A proposta da campanha de conscientização é uma das medidas para o enfrentamento da pandemia, sugeridas em reunião pública temática, promovida pela Comissão de Seguridade Social, no último dia 1º. “O sistema de saúde de Londrina está próximo ao colapso, operando com superlotação de leitos, impossibilitando o atendimento de todos os cidadãos, o que reflete na existência de demandas reprimidas”, comentou a vereadora.

Ao todo, a reunião temática para discutir os impactos da Covid-19 no sistema de saúde listou 16 propostas em seis eixos: a) conscientização e fiscalização, b) organização do serviço, c) recursos humanos e financeiros, d) medidas restritivas, e) testagem e vacinas e f) outras medidas. “Enquanto comissão de Seguridade Social, temos a responsabilidade de articular esforços para enfrentar a pandemia para evitar que mais mortes sejam registradas.”

A reunião temática teve a participação da superintendente do Hospital Universitário, Vivian, Feijó; a diretora da 17ª regional de Saúde, Maria Lúcia Silva Lopes; o presidente do Conselho Regional de Secretários Municipais de Saúde, Eudes Cavallari Junior; a representante do Conselho Regional de Medicina do Estado do Paraná, Delegacia Regional de Londrina, Lisete Rosa e Silva Benzoni.

Também participaram o diretor geral do Hospital Doutor Anísio Figueiredo, Reilly Alberto Aranda Lopes; o diretor do Hospital Eulalino Ignácio De Andrade, Geraldo Junior Guilherme; o superintendente do Hospital Santa Casa, Fahad Haddad; o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Lincoln Ramos e Silva; e o secretário Municipal de Saúde de Londrina, Felippe Machado.

Reinaldo C. Zanardi/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios