Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Fonte: Cottonbro/ Pexels.com

Um ano depois da descoberta do primeiro caso de contaminação por Covid-19 no Brasil, a situação continua muito parecida. Alternando entre fase amarela, laranja e vermelha, os estados continuam tentando diferentes alternativas para conter a disseminação do vírus, principalmente das novas cepas.

Em meio a essa pandemia global, muitas pessoas precisaram retornar a rotina de trabalho ou estudo, enquanto outras estão seguindo a recomendação de permanecerem em casa e saírem apenas por motivos essenciais.

Dentre os que estão respeitando as medidas de isolamento social, a maioria relata problemas emocionais decorrentes do distanciamento de amigos e familiares e das atividades profissionais, educacionais ou de lazer.

Portanto, como manter a saúde mental e emocional durante uma pandemia global que se entende a mais de um ano?

Embora permanecer no mesmo local por período prolongado possa ser estressante, algumas medidas simples podem permitir que você tenha mais qualidade de vida.

Em primeiro lugar, estabeleça uma rotina diária. Durma e acorde no mesmo horário de segunda a sexta-feira, alimente-se com um café da manhã nutritivo, tome banho,  vista-se como se fosse à faculdade ou trabalho e inicie a rotina de trabalho ou estudo.

Após concluir suas atividades profissionais, concentre-se em você. Pratique atividade física diariamente para manter bons indicadores de saúde, fortalecer o sistema imunológico, liberar o estresse, manter a boa forma e o bem-estar.

Mesmo em casa, você pode seguir um treino montado por um profissional de educação física e uma dieta orientada por um médico nutricionista ou nutrólogo.

Em sua coluna no site especializado Guia de Bem Estar, Joana Dias sugere o uso de uma balança digital. O instrumento é utilizado para realizar medições importantes e pode ser manuseado pelo próprio indivíduo. Com esses dados, o nutricionista poderá acompanhar seu quadro de maneira completa, recomendando dietas e exercícios. A consulta é realizada de maneira virtual, através de videochamada. 

Além de atividade física, inclua outras atividades de lazer como leitura e escrita. Você também pode assistir filmes e séries. Brincar com jogos de tabuleiro também é uma alternativa, principalmente para quem tem crianças em casa.

Os jogos educativos, por exemplo, auxiliam no desenvolvimento psicológico, intelectual e motor das crianças.

Além dessas atividades, desenvolva hobbies como tocar um instrumento musical, realizar uma atividade artística, aprender a cozinhar as receitas que você desejava experimentar, mas não tinha tempo para cozinhar.

Além dessas atividades de lazer, não podemos esquecer de praticar a empatia. É importante ouvir atentamente as pessoas que estão compartilhando o mesmo espaço com você, entender as frustrações e expectativas delas e manter a gentileza e respeito.

Para lidar com suas próprias incertezas e frustrações, você pode compartilhar com seus companheiros de quarentena ou mesmo desenvolver técnicas para lidar com suas emoções, como realizar exercícios de respiração ou meditação.

Outra ideia interessante é manter um diário e relatar as experiências positivas do cotidiano. Concentre-se apenas em pensamentos, sentimentos e situações positivas e deixe as negativas em segundo plano.

O mesmo vale para notícias. Além das notícias serem suficientemente negativas, existem notícias falsas circulando pela internet. Busque informações de fontes confiáveis, mas caso esteja se sentindo sufocado com as notícias, desconecte-se por um tempo.

Quem estiver preocupado com finanças e emprego, pode realizar um levantamento de quanto possui na conta bancária ou poupança e o quanto precisa para custear as despesas diárias. Aproveite para analisar seus gastos e cortar despesas.

Caso esteja com muita dificuldade de lidar com a negatividade inerente dessa pandemia global, você deve procurar auxílio profissional. A maioria dos terapeutas têm realizado sessões de aconselhamento através de videochamada.

Lembre-se que a pandemia de Covid-19 é uma realidade temporária. Use o período de isolamento social para refletir e amadurecer, conectar-se com amigos e familiares – virtualmente – e realizar atividades que não podia por falta de tempo.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios