Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O tratamento consiste na associação de dois medicamentos. O uso da hidroxicloroquina associado à azitromicina

O tratamento utilizado em pacientes infectados pelo novo coronavírus no Hospital Regional Tibério Nunes, localizado no município de Floriano (PI), já é referência para outros municípios brasileiros.  A unidade adotou um novo protocolo clínico após a apresentação de resultados positivos em pacientes com a Covid-19.
O tratamento consiste na associação de dois medicamentos. O uso da hidroxicloroquina associado à azitromicina, na primeira fase doença, e da injeção de corticoides na segunda fase.

O tratamento oferecido no Hospital Regional Tibério Nunes foi trazido por uma médica brasileira que atualmente trabalha no Hospital HM Puerta Del Sur, em Madrid, na Espanha. 

O protocolo utilizado no Hospital Regional Tibério Nunes chamou a atenção da ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, que foi à cidade conferir o trabalho desenvolvido no hospital. Segundo a ministra, o tratamento será ampliado a outros municípios brasileiros. 

O uso da hidroxicloroquina, associada ou não a outros medicamentos, ainda é controverso entre as autoridades da área da saúde. Ainda não existe um estudo cientifico que comprove a eficácia do remédio no combate à Covid-19. O Conselho Federal de Medicina (CFM) indicou o uso da cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes com o coronavírus a critério médico e apenas com o consentimento dos pacientes em tratamento.

Para mais informações acesse: www.saude.pi.gov.br
Alexandre Penido/Agência do Rádio

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios