Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD) intermediou, na segunda (27) e terça-feira (28), reuniões da superintendente do Hospital Universitário (HU) de Londrina, Vivian Feijó, com o secretário estadual da Fazenda, Renê Garcia Junior, e o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, para discutir os recursos financeiros que são repassados ao HU. 

A superintendente apresentou a execução orçamentária do hospital durante as reuniões. Disse que o custo operacional do hospital é de cerca de R$ 80 milhões/ano. Enquanto isso, arrecada R$ 60 milhões. O fluxo de liberação orçamentária, segundo ela, é menor do que o necessário (R$ 20 milhões a menos).

“Estamos com um déficit financeiro de aproximadamente R$ 2 milhões/mês. Grande parte disso por conta do pagamento de cerca de 400 funcionários terceirizados. Viemos buscar nas secretarias uma solução. Se não conseguirmos, seremos obrigados, infelizmente, a restringir os atendimentos”, disse a superintendente do HU.

“A população não pode ser prejudicada de forma alguma. Estamos em cima do poder executivo para que o atendimento não seja prejudicado por conta disso”, afirmou o deputado Cobra Repórter.

A superintendente do hospital explicou aos secretários a importância do Hospital Universitário de Londrina. O HU é o maior órgão suplementar da Universidade Estadual de Londrina (UEL). É considerado o segundo maior hospital público 100% Sistema Único de Saúde (SUS). Atende pacientes de cerca de 250 municípios do Paraná e de mais de 100 cidades de outros estados, de várias regiões do País, principalmente São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia. Em abril de 2019, por exemplo, foram realizados 2667 atendimentos de urgência/emergência só no Pronto Socorro do HU. A missão do hospital inclui, como hospital-escola, a participação na prática do ensino, pesquisa e extensão.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios