Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

“Há uma necessidade de que seja criada uma ala infantil no Hospital Universitário de Londrina ampliando, assim, a residência psiquiátrica. A saúde mental em Londrina está um caos e, se tivermos mais residentes em psiquiatria na cidade, podemos ampliar muito o atendimento às crianças e aos adolescentes. As vítimas de abuso precisam de atendimento”, disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), presidente da Comissão Permanente da Assembleia Legislativa (Alep) que Defende os Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência, a Criai.

Desta forma, o deputado Cobra Repórter envio um requerimento, nesta quarta-feira (18), pedindo a criação urgente de uma ala específica para atendimento de crianças e adolescentes e a ampliação da disponibilização de alunos do curso de medicina para residência na área de psiquiatria no Hospital Universitário de Londrina. O requerimento foi endereçado ao governador Ratinho Junior, ao secretário estadual de Saúde, Beto Preto, e ao reitor da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Sérgio Carvalho.

“A ampliação do número de residentes é uma medida inteligente e eficaz para o atendimento imediato e avaliação dos casos de abusos contra crianças e adolescentes. Essa atitude ajudará ainda na investigação e atuação do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes e também do Ministério Público de Londrina”, explicou o deputado.

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios