Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Enfoque será nas especificidades da doença, sintomas e encaminhamentos; atividades encerram programação em torno do Setembro Lilás

A Secretaria Municipal do Idoso (SMI), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realiza na próxima semana duas palestras sobre o Alzheimer, enfermidade progressiva que compromete a memória e outras funções mentais. As atividades vão ao encontro do Setembro Lilás, campanha que propõe ações de conscientização sobre a doença. As atividades serão realizadas nos Centros de Convivência do Idoso "Benedito Camargo Sobrinho" (CCIs) Oeste, que fica na Rua Serra Pedra Selada, 111 e no CCI Leste, localizado na Rua Gabriel Matokanovic, 260.

Na segunda-feira (24), às 14h, o médico geriatra Juan Castanedo, fala sobre “O que é preciso saber sobre a Doença de Alzheimer” no CCI Leste. A conversa, que integra a programação do Grupo de Convivência "Qualidade de Vida e Cidadania", tem como objetivo apresentar informações acerca da doença, conscientizar os presentes sobre a importância de medidas preventivas, expor impactos do Alzheimer na vida dos idosos e outros conhecimentos.

Alguns pontos a serem abordados durante a conversa são as fases do Alzheimer, que pode ser dividido ao menos em três estágios: leve, moderado e avançado, assim como idade, depressão, tabagismo e diabetes, que configuram fatores de risco para o desenvolvimento da doença. Além disso, os idosos terão acesso a outras informações pertinentes, orientações e curiosidades e a oportunidade de tirar dúvidas com o especialista.

A discussão é uma das atividades promovidas pelos CCIs que, segundo o gerente de Atenção à Pessoa Idosa da Secretaria Municipal do Idoso, Cleir Brandão, atuam na prevenção e conscientização sobre enfermidades. “O Alzheimer e outras doenças degenerativas são trabalhadas de forma sistematizada durante o ano todo nos Centros de Convivência. Realizamos oficinas, palestras informativas e de orientação, outras que desenvolvem a coordenação motora fina e também exercícios físicos. Tudo isso contribui para o fortalecimento da saúde mental e física do idoso, o que reflete diretamente na prevenção de doenças”, explicou.

Já o Grupo de Convivência "Qualidade de Vida e Cidadania" do CCI Oeste, recebe na quinta-feira (27), às 14h, uma palestra com o tema “Doença de Alzheimer: Sinais e encaminhamentos”. A ministrante será Elaine Mateus, presidente do Não Me Esqueças - Instituto Londrinense de Alzheimer que desenvolve a campanha do Setembro Lilás no Município com apoio da Prefeitura de Londrina, por meio da SMS. O objetivo da conversa é chamar a atenção dos idosos aos sinais da patologia, já que a redução da memória é um sintoma intrínseco ao envelhecimento e mostrar que, embora não haja cura, o tratamento pode ajudar a controlar e reduzir os sintomas.

Alguns aspectos a serem abordados é o fato de que, para detectar a doença, é necessário um diagnóstico médico. Apesar disso, é importante que idosos, familiares e cuidadores estejam atentos aos sinais, dado que o diagnóstico precoce pode melhorar a qualidade de vida. A conversa inclui também propostas de encaminhamentos e orientações sobre medidas que podem auxiliar no tratamento.

A palestra encerra a série de ações desenvolvidas pela SMS e SMI durante todo o mês, referente ao Setembro Lilás. De acordo com Cleir, falar sobre a doença é fundamental nesta fase da vida. “Queremos chamar atenção para o Alzheimer, falar sobre a importância das medidas preventivas e sobre as formas de tratamento. Nós desenvolvemos nos CCIs, em parceria com o NASF, um grupo de memória formado por idosos que têm um indicativo para a prevenção da doença. O Setembro Lilás contempla muito este segmento assim como os demais frequentadores dos Centros, já que é a partir dos 60 anos quando os sintomas começam a aparecer”, expôs.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios