Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Saúde 28/04/2017  09h31

HU ganha reforço nas alas cirúrgica e de emergência

Repasse oficial dos equipamentos foi feito nesta quinta, durante cerimônia

O Hospital Universitário da UEL recebeu oficialmente ontem (27) equipamentos para serem utilizados nos setores cirúrgico, de urgência e de emergência adquiridos por meio de emenda parlamentar apresentada pelo então deputado federal, Marcelo Belinati, em 2015. Os recursos totalizam R$ 1 milhão e resultaram na compra de itens como bisturis elétricos; mesas cirúrgicas elétricas; focos cirúrgicos de teto; aparelhos de anestesia ou carro de anestesia. Também foram adquiridos monitores multiparâmetros; um eletroencefalógrafo e quatro carros de maca avançados. Uma cerimônia realizada no hall de entrada do hospital oficializou o repasse.

O atual prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, afirmou que considera o HU da UEL a sua segunda casa, desde que conviveu com servidores do hospital e professores do Centro de Ciências da Saúde (CCS) quando cursava Medicina na UEL. Em seu pronunciamento ele disse que seu maior desafio como gestor municipal é exatamente melhorar a saúde de Londrina, que apesar de contar com boa estrutura física, enfrenta déficit de recursos humanos. De acordo com o prefeito, a rede de saúde pública precisa hoje de 227 médicos.

O resultado deste déficit pode ser traduzido em forma de carência e filas. Hoje são 114 mil pessoas aguardando atendimento especializado e 20 mil um procedimento cirúrgico. "Como profissional e parlamentar tinha conhecimento da necessidade de equipamentos nos hospitais da cidade", afirmou Marcelo Belinati.

A diretora superintendente do HU, Beth Ursi, informou que os equipamentos adquiridos com recursos da emenda já estão sendo utilizados. Os materiais beneficiaram as alas cirúrgicas, que representam a especialidade do médico Marcelo Belinati. Ela afirmou que os materiais adquiridos substituem outros com cerca de 20 anos de uso, trazendo mais segurança para profissionais e pacientes.

"Mais representativo que o recurso financeiro é a extensão social, a quantidade de pacientes do Sistema Único que será beneficiada diretamente. Isto não é possível quantificar", resumiu a diretora.

A reitora da UEL, Berenice Quinzani Jordão, afirmou que a colaboração de todos os setores da sociedade tem ajudado a Universidade e o HU a superar os constantes desafios, sobretudo as necessidades de recursos humanos e financeiras. A reitora lembrou que o Hospital Universitário tem sempre demanda alta, frente ao trabalho de atender 100% dos pacientes do SUS, com ênfase em casos graves e complexos. "Parcerias como esta que estamos comemorando aqui é que nos fazem vitoriosos", afirmou a reitora. 

Agência UEL

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios