Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Recurso foi repassado pelo governo estadual. Entre os itens adquiridos estão equipamentos que o setor não possuía, como corrente russa e estabilizadores posturais

Pacientes atendidos pelo Setor de Fisioterapia contarão a partir de agora com mais opções para sua reabilitação terapêutica. Na sexta-feira (05) a Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Secretaria de Saúde, entregou R$80 mil em equipamentos ao ambulatório.

A solenidade ocorreu no Setor de Fisioterapia, instalado no Centro de Saúde Doutor Eugênio Dal Molin. Participaram da entrega dos aparelhos secretários, diretores da Secretaria de Saúde, vereadores, servidores do Setor de Fisioterapia e da UBS, e membros do Conselho Municipal de Saúde.

O município foi contemplado com dois kits de fisioterapia no valor de R$40 mil cada. Os recursos foram repassados pelo governo estadual por meio de termo de adesão ao Incentivo Financeiro de Investimento para Aquisição de Equipamentos de Fisioterapia ou Reabilitação para a Rede da Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência do Estado do Paraná - Componente da Atenção Básica, na modalidade Fundo a Fundo, regulamentado pela resolução da Secretaria da Saúde do Estado do Paraná (SESA) nº 269/2016.

O objetivo é fortalecer o componente da Atenção Primária à Saúde, para a melhoria do acesso e da qualidade da atenção ofertada às pessoas com deficiência neste ponto de atenção, bem como, a necessidade de estimular e qualificar a reabilitação traumato-ortopédica, neurofuncional, cardiorrespiratória e a estimulação precoce nas ações da atenção primária à saúde dos municípios.

Entre os mais de 100 itens adquiridos estão aparelhos para analgesia e fortalecimento muscular, corrente russa, estabilizadores posturais, exercitadores respiratórios, órteses, halteres, imobilizadores para joelho e arcos flexíveis para fisioterapia. “Recebemos aparelhos que não possuíamos, como os de corrente russa, para fortalecimento muscular, e os estabilizadores posturais, os quais facilitarão o trabalho com o paciente neurológico. Estes equipamentos são um grande ganho para os munícipes, pois quanto maiores a possibilidades terapêuticas do profissional melhor será a reabilitação do paciente”, ressaltou a coordenadora do setor, Eliane Batista Acioli.

Além de serem utilizados para a fisioterapia ambulatorial, os equipamentos também serão destinados para as atividades desenvolvidas pela fisioterapeuta do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) nos grupos de educação em saúde para os usuários das Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Em sua fala, a secretária de Saúde, Andrea Stroka, enfatizou a importância dos novos equipamentos para melhorar as condições de trabalho das fisioterapeutas e a qualidade no atendimento disponibilizado  aos usuários que dependem deste serviço. “A demanda é grande. O ambulatório recebe pacientes de todas as idades da Rede SUS. Somente no ano passado foram 12 mil atendimentos. O governo municipal investe 30% do orçamento em saúde – o dobro do determinado em lei. Mesmo assim, sabemos que os recursos são finitos e as necessidades infinitas. Por isso estas verbas do governo federal, estadual são sempre bem vindas”, acrescentou a secretária.

Cerca de 100 pacientes são atendidos diariamente no ambulatório de fisioterapia, em várias especialidades médicas, tais como pediatria, ortopedia, neurologia, reumatologia, cardiologia, pneumologia e ginecologia e obstetrícia. São atendidos munícipes de todas as idades da rede SUS. Os encaminhamentos vêm de todas as UBSs da cidade, do Hospital Cristo Rei, Centro de Referência em Especialidades Médicas de Ibiporã (Cremi), do CAPSi e CAPS Adulto, do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema (Cismepar), Irmandade Santa Casa, Hospitais Infantil, Evangélico, Universitário, Zona Norte e Zona Sul, além do Hospital do Câncer de Londrina (ICL).

Caroline Vicentini/NCPMI

Equipamentos adquiridos pelo Setor de Fisioterapia - Foto: Divulgação

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios