Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O menisco é uma estrutura feita de cartilagem, presente no joelho, que serve para absorver impactos. Cada joelho tem dois meniscos: um do lado interno (medial) e outro do lado externo (lateral). O menisco medial é que está mais propenso a ter lesão. 

Lesões no menisco podem ser de dois tipos: traumáticas (por exemplo, quando alguém está jogando bola e sofre uma falta violenta, rompendo o menisco e outros ligamentos do joelho), ou degenerativas (com a idade ou doenças degenerativas, como artrite ou artrose). 

É importante saber o tipo e o local exato da lesão no menisco, pois assim o tratamento adequado pode ser proposto. 

Sintomas De Lesão No Menisco 

Pessoas com lesão no menisco apresentam, em um primeiro momento, dor localizada, que poderá ser na região de dentro ou na região fora do joelho, dependendo qual menisco foi afetado. 

Com o passar do tempo, o joelho pode inchar e a pessoa apresenta dificuldades de andar e fazer atividades simples, com o grau de dor piorando consideravelmente. 

Diagnóstico 

O diagnóstico é feito pelo médico ortopedista, que realizará movimentos da perna, observando se o paciente relata dor em alguma movimentação, sobretudo flexão e rotação da perna. 

O médico também pode solicitar um exame de raios-X ou outro exame de imagem, como a ressonância magnética, que é o melhor exame para avaliar qual menisco foi afetado e o grau de lesão. 

O diagnóstico preciso e rápido é muito importante para que o quadro não piore. 

Tratamento Para Lesão No Menisco 

Nos casos traumáticos mais graves, no qual há ruptura do menisco e outros ligamentos do joelho, a cirurgia é indicada. Mas ela é realizada geralmente com o auxílio de uma câmera (artroscopia), sendo o corte pequeno, com o paciente sedado. 

Dependendo do grau da lesão, o menisco pode ser costurado. O paciente deverá ficar de repouso por pouco tempo, usando muletas para sua movimentação nos primeiros dias após a cirurgia.  

Em seguida, a fisioterapia é indicada e o paciente poderá voltar a atividades físicas entre 30-45 dias após a cirurgia. 

Porém, o tratamento cirúrgico só é indicado em casos mais extremos. O tratamento conservador é sempre a primeira opção para lesões no menisco não traumáticas. 

Pequenas rupturas e casos nos quais a terapia conservadora, sem cirurgia, pode ser realizada, a fisioterapia ajuda muito no tratamento das lesões no menisco. 

De acordo com o Prof. Dr. Thiago Fukuda, docente com pós-doutorado da University of Southern California, em Biomecânica, algumas terapias como a eletrotermofototerapia, que reduz a inflamação local, associado a um protocolo de fortalecimento, auxiliam o retorno às atividades comuns e à prática esportiva, em caso de atletas. 

Lesões No Menisco: Como Evitar E Dicas 

Alguns exercícios de fortalecimento podem ser bastante úteis para evitar lesões no menisco. 

Exercícios como agachamento, a fundo, leg press e flexão de perna, são bastante indicados para fortalecimento da musculatura que envolve o joelho. 

Além disso, manter uma vida ativa, com controle de doenças pré-existentes e cuidando da saúde, de modo geral, ajudam na preservação das estruturas do joelho. 

Confira algumas dicas para evitar lesões no joelho: 

  • Mantenha-se dentro do peso ideal. A sobrecarga no joelho por excesso de peso sempre pode gerar problemas nas estruturas da articulação; 

  • Mantenha uma vida ativa com a prática de atividades físicas regulares; 

  • Faça atividades físicas sempre orientadas por um profissional educador físico; 

  • Não faça sobrecarga nos joelhos ao levantar ou carregar objetos; 

  • Se for praticante de esportes como corrida ou futebol, sempre faça fortalecimento da musculatura como parte integrante da prática esportiva; 

  • Se sentir dor no joelho, não espere e não se automedique. Busque um diagnóstico preciso e faça o tratamento adequado. 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios