Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Debate vai reunir agentes públicos, entidades populares e de classe; iniciativa é da presidente da Comissão de seguridade Social da Câmara, presidida pela vereadora Lenir de Assis

“Pandemia de Covid-19: impactos no sistema de saúde de Londrina.” Este é o foco da Reunião Pública Temática, promovida pela Comissão de Seguridade Social, da Câmara Municipal de Londrina. O evento será nesta segunda-feira (dia 1º), às 17h30. A transmissão será ao vivo pelas redes sociais da Casa, pelos canais da Câmara no Facebook e no Youtube.

A presidente da Comissão de Seguridade Social, a vereadora Lenir de Assis, afirma que a comissão acompanha com preocupação o “aumento assustador” dos casos de doentes de Covid-19, que necessitam de leitos hospitalares. Londrina atende 96 municípios no serviço de enfermaria e de UTI. Nos últimos dias, o sistema chegou ao colapso, a ponto de o HU [Hospital Universitário] fechar o atendimento para pacientes não Covid.”

Lenir de Assis afirma que a preocupação com o sistema de saúde passa, além do atendimento em si e a falta de leitos tanto de enfermaria quanto de UTI, pela escassez de insumos para tratamento dos pacientes. Para tanto, por ser o HU, o hospital de referência no tratamento da Covid-19 para a macrorregião norte, é que a Comissão vai buscar encaminhamentos. “Medidas conjuntas são urgentes”, afirma a vereadora.

A vereadora lembra que o governador do estado, Ratinho Junior, editou decreto na sexta-feira (dia 26), com medidas restritivas para coibir o avanço da doença. "Mas se medidas efetivas em todos os municípios não forem realizadas e fiscalizadas - associadas à conscientização da população sobre a gravidade da doença e da necessidade urgente de vacina - a situação se não resolver até 8 de marco, pode se agravar ainda mais”, afirma Lenir de Assis. “Vamos ouvir e cobrar as medidas que podem ser apresentadas após o final do decreto do estado (dia 8), considerando que a pandemia continuará e a vacina para todos está longe de ser realidade.”

Entre as várias autoridades convidadas, confirmaram presença o secretário de Saúde de Londrina, Felippe, Machado; a chefe da 17ª Regional de Saúde, Maria Lúcia Silva Lopes; a superintendente do HU, Vivian Feijó; o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Londrina, Lincoln Ramos e Silva; o presidente do Conselho Regional de Secretários Municipais de Saúde do Paraná, Eudes Cavallari Junior, que é secretário de Saúde de Lupionópolis; o superintendente da Santa Casa, Fahd Haddad; o diretor geral do Hospital da Zona Norte, Reilly Aranda Lopes; o diretor geral do Hospital da Zona Sul, Geraldo Junior Guilherme.

Reinaldo C. Zanardi/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.