Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Debate vai reunir agentes públicos, entidades populares e de classe; iniciativa é da presidente da Comissão de seguridade Social da Câmara, presidida pela vereadora Lenir de Assis

“Pandemia de Covid-19: impactos no sistema de saúde de Londrina.” Este é o foco da Reunião Pública Temática, promovida pela Comissão de Seguridade Social, da Câmara Municipal de Londrina. O evento será nesta segunda-feira (dia 1º), às 17h30. A transmissão será ao vivo pelas redes sociais da Casa, pelos canais da Câmara no Facebook e no Youtube.

A presidente da Comissão de Seguridade Social, a vereadora Lenir de Assis, afirma que a comissão acompanha com preocupação o “aumento assustador” dos casos de doentes de Covid-19, que necessitam de leitos hospitalares. Londrina atende 96 municípios no serviço de enfermaria e de UTI. Nos últimos dias, o sistema chegou ao colapso, a ponto de o HU [Hospital Universitário] fechar o atendimento para pacientes não Covid.”

Lenir de Assis afirma que a preocupação com o sistema de saúde passa, além do atendimento em si e a falta de leitos tanto de enfermaria quanto de UTI, pela escassez de insumos para tratamento dos pacientes. Para tanto, por ser o HU, o hospital de referência no tratamento da Covid-19 para a macrorregião norte, é que a Comissão vai buscar encaminhamentos. “Medidas conjuntas são urgentes”, afirma a vereadora.

A vereadora lembra que o governador do estado, Ratinho Junior, editou decreto na sexta-feira (dia 26), com medidas restritivas para coibir o avanço da doença. "Mas se medidas efetivas em todos os municípios não forem realizadas e fiscalizadas - associadas à conscientização da população sobre a gravidade da doença e da necessidade urgente de vacina - a situação se não resolver até 8 de marco, pode se agravar ainda mais”, afirma Lenir de Assis. “Vamos ouvir e cobrar as medidas que podem ser apresentadas após o final do decreto do estado (dia 8), considerando que a pandemia continuará e a vacina para todos está longe de ser realidade.”

Entre as várias autoridades convidadas, confirmaram presença o secretário de Saúde de Londrina, Felippe, Machado; a chefe da 17ª Regional de Saúde, Maria Lúcia Silva Lopes; a superintendente do HU, Vivian Feijó; o presidente do Conselho Municipal de Saúde de Londrina, Lincoln Ramos e Silva; o presidente do Conselho Regional de Secretários Municipais de Saúde do Paraná, Eudes Cavallari Junior, que é secretário de Saúde de Lupionópolis; o superintendente da Santa Casa, Fahd Haddad; o diretor geral do Hospital da Zona Norte, Reilly Aranda Lopes; o diretor geral do Hospital da Zona Sul, Geraldo Junior Guilherme.

Reinaldo C. Zanardi/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios