Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

O tema foi discutido ontem (17), em reunião pública remota da Comissão de Defesa dos Direitos e Bem-Estar da Pessoa Idosa

Ontem (17), uma reunião pública remota discutiu a conscientização de idosos para a vacinação contra a covid-19. O evento foi coordenado pela Comissão de Defesa dos Direitos e Bem-Estar da Pessoa Idosa da Câmara Municipal de Londrina (CML) e transmitido pelos canais do Legislativo no Facebook e Youtube.

A presidente da comissão, vereadora Lu Oliveira (PL), defendeu a realização de uma campanha de conscientização focada nos idosos, pois, segundo ela, as notícias falsas e a desinformação causam desconfiança nessa população. “Embora a vacina seja a ferramenta mais eficaz de que a gente dispõe hoje no enfrentamento ao coronavírus, a gente tem se deparado com uma desconfiança por parte de muitos idosos com relação à segurança e à eficácia”, argumentou. Outro ponto citado pela vereadora é a dificuldade de idosos em fazer o cadastro e o agendamento da vacinação pelo site da prefeitura.

Com a pandemia, os Centros de Convivência do Idoso de Londrina foram fechados, mas a Secretaria Municipal do Idoso garante que manteve o contato, de forma virtual, com as pessoas atendidas, por meio de reuniões remotas, grupos de WhatsApp e vídeos explicativos para divulgar informações científicas sobre a vacinação e sobre o cadastro exigido para quem vai se imunizar. De acordo com a diretora de Direitos da Pessoa Idosa da Secretaria Municipal de Saúde, Ana Karina Anduchuka, a pasta recebeu poucas reclamações sobre dificuldades no agendamento e acesso à vacina. “A gente sabe que tem sim, e o que chega até a secretaria a gente orienta por telefone até conseguir o cadastro. Mas este número não tem se mostrado tão alto”, afirmou.

A secretária municipal do Idoso, Andrea Ramondini, ressaltou que as 120 escolas municipais de Londrina estão abertas para receber idosos para fazer cadastro e agendamento da vacinação, caso não tenham acesso à internet. Além disso, segundo ela, servidores da Secretaria de Saúde buscam, por telefone, as pessoas que estão na faixa etária de vacinação, mas ainda não se imunizaram.

A vereadora Prof.ª Sonia Gimenez (PSB), vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos e Bem-Estar da Pessoa Idosa da CML, questionou as convidadas a respeito da situação de quem perdeu a vacinação. A secretária Andrea Ramondini garantiu que essas pessoas poderão receber a dose em outra data, que ainda vai ser divulgada pelas autoridades de saúde. “Este cadastro dos idosos fica validado. Então, apesar de ter passado a faixa etária, eles vão receber a vacina”, afirmou.

Casas de repouso

Durante a reunião pública, a secretária municipal do Idoso destacou que já foram imunizadas com a primeira dose em Londrina 543 idosos em instituições de longa permanência, além de 390 funcionários dessas entidades. Segundo Andrea Ramondini, a maioria já recebeu a segunda dose, mas ainda falta imunizar integrantes de seis casas de repouso. De acordo com a secretária, nestes locais as pessoas estão sendo testadas contra a covid-19 e, se o resultado for negativo, serão vacinadas na sequência.

Em Londrina há 17 casas de repouso particulares e 3 instituições conveniadas com o poder público, conforme dados da Secretaria do Idoso. No ano passado, foram registrados surtos em duas entidades. Segundo Ramondini, durante a pandemia, a secretaria distribuiu 84 mil equipamentos de proteção individual para as instituições de longa permanência. De acordo com dados da pasta, Londrina tem aproximadamente 80 mil idosos com mais de 60 anos.

Comissão

Fazem parte da Comissão de Defesa dos Direitos e Bem-Estar da Pessoa Idosa da Câmara Municipal de Londrina as vereadoras Lu Oliveira, como presidente, Prof.ª Sonia Gimenez, como vice-presidente, e Daniele Ziober (PP), como membro.

Vinicius Frigeri/Asimp/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios