Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Haverá exposição e orientações à comunidade na UBS Itapoã; Saúde divulgou relatório semanal com os números da dengue

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Coordenação de Controle de Endemias, realiza amanhã (26), das 8h30 às 14 horas, uma ação educativa para reforçar a conscientização sobre o mosquito Aedes aegypti e os riscos de transmissão de outras endemias. A atividade irá ocorrer em frente à Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Itapoã, que fica localizada na Rua Benedito José Theodoro, nº 258, na região sul de Londrina.
 

Os agentes do setor de Endemias prestarão orientações direcionadas aos usuários da UBS e à comunidade local, apresentando quais são as principais formas de prevenção e cuidados para evitar a proliferação do Aedes aegypti, que, além da dengue, pode transmitir doenças como chikungunya, zika vírus e febre amarela.
 

De acordo com a agente de Endemias, Cristina Gomes Torquato, serão utilizados na ação cartazes, faixas e haverá a distribuição de panfletos e materiais informativos para auxiliar os moradores quanto aos riscos dessas e de outras endemias. Cerca de quatro agentes de endemias devem participar dos trabalhos. “No local, também será feita uma exposição com diferentes mostruários para trazer noções sobre o bicho barbeiro, caramujo africano, escorpião e o ciclo da esquistossomose. O ciclo do Aedes aegypti será apresentado por meio de larvário e ainda teremos a maquete do quintal certo e errado, contendo exemplos de materiais que simbolizam tipos diferentes de criadouros do vetor”, informou.
 

Ainda segundo Cristina, a abordagem educativa é uma ferramenta importante para ampliar a divulgação sobre as endemias no município, principalmente neste período do ano, marcado por temperaturas elevadas e chuvas que aumentam os riscos de proliferação. “Neste início de 2018, estamos promovendo ações educativas em alguns bairros da cidade, dando continuidade ao trabalho educativo que já ocorre rotineiramente. Após a divulgação do 1º LIRAa deste ano, que apontará as localidades que estão com maior índice de infestação do Aedes na cidade, será possível reforçar as ações nas áreas mais afetadas”, disse.

Os trabalhos de campo do 1º Levantamento Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) de 2018 já foram concluídos. O resultado deverá ser divulgado no início do mês de fevereiro. As vistorias ocorreram em cerca de nove mil imóveis residenciais e comerciais, além de construções e terrenos baldios, de 195 localidades da zona urbana. Participaram das atividades cerca de 200 agentes municipais de endemias e do Ministério da Saúde.
 

Números

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou, nesta quarta-feira (24), o relatório semanal com os dados sobre a dengue em Londrina. Do início do ano até o momento, foram registradas 175 notificações relacionadas à doença, sendo que, destes, apenas um caso foi confirmado. Estão em andamento outros 174 casos, em análise, aguardando o resultado de exames laboratoriais.
NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios