Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, liberou ontem (5), o cadastro prévio para vacinação contra Covid-19 para profissionais da Educação, Assistência Social, e pessoas com deficiências que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O novo grupo prioritário engloba professores e demais trabalhadores das instituições de ensino em atividade de todos os níveis de escolaridade, da Educação Infantil ao Ensino Superior. Já para profissionais da Assistência Social, esta etapa refere-se aos que são vinculados aos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e unidades de acolhimento.

Esta é uma etapa prévia para cadastrar este público, para que a vacinação possa ocorrer na sequência, após a validação dos dados. O cadastro deve ser feito no Portal da Prefeitura.

No caso dos professores, a vacinação é voltada apenas para aqueles que estão na ativa, ou seja, não atinge os aposentados. No dia da vacinação, os professores e trabalhadores de instituições de ensino terão que levar um documento recente que comprove a sua relação com a instituição. A Secretaria Municipal de Educação disponibilizou o endereço vacina.educacao@londrina.pr.gov.br para que as instituições de ensino encaminhem a listagem de todos os funcionários ativos para validação do cadastro.

Os trabalhadores da Assistência Social também terão que comprovar o vínculo empregatício, e as pessoas com deficiências o recebimento do BPC.

Após a validação dos cadastros prévios, pela SMS, o Município vai abrir a etapa do agendamento, para estes grupos, que contemplam cerca de 25 mil pessoas. O prefeito Marcelo Belinati, que está em Brasília, reforçou a importância deste público fazer o seu cadastro no portal da Prefeitura. “Na sequência, a SMS dará todas as informações sobre como proceder para que a pessoa seja vacinada. Vamos em frente, que Deus nos abençoe, e tudo isso vai passar”, ressaltou.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, disse que a SMS está se organizando, para que a validação dos cadastros ocorra por meio de informações fornecidas pelos órgãos da Educação. “Por exemplo, das escolas municipais, professores e da comunidade escolar, temos os dados da Secretaria Municipal de Recursos Humanos. Também vamos solicitar, ao Núcleo Regional de Ensino (NRE), os dados dos professores e da comunidade escolar do Estado. E a Secretaria Municipal de Educação vai fazer a articulação, junto às demais instituições de ensino para que elas possam fornecer informações à SMS. Isso vai facilitar para fazermos a validação destes cadastros”, explicou.

Vacinômetro

A SMS também segue vacinando os idosos a partir dos 60 anos. De acordo com os números atualizados da vacinação contra a Covid-19 em Londrina, até as 23 horas de terça-feira (4), receberam a primeira dose 116.991 mil pessoas, das quais 67.009 também foram imunizadas com a segunda dose.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.