Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, liberou ontem (5), o cadastro prévio para vacinação contra Covid-19 para profissionais da Educação, Assistência Social, e pessoas com deficiências que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O novo grupo prioritário engloba professores e demais trabalhadores das instituições de ensino em atividade de todos os níveis de escolaridade, da Educação Infantil ao Ensino Superior. Já para profissionais da Assistência Social, esta etapa refere-se aos que são vinculados aos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e unidades de acolhimento.

Esta é uma etapa prévia para cadastrar este público, para que a vacinação possa ocorrer na sequência, após a validação dos dados. O cadastro deve ser feito no Portal da Prefeitura.

No caso dos professores, a vacinação é voltada apenas para aqueles que estão na ativa, ou seja, não atinge os aposentados. No dia da vacinação, os professores e trabalhadores de instituições de ensino terão que levar um documento recente que comprove a sua relação com a instituição. A Secretaria Municipal de Educação disponibilizou o endereço vacina.educacao@londrina.pr.gov.br para que as instituições de ensino encaminhem a listagem de todos os funcionários ativos para validação do cadastro.

Os trabalhadores da Assistência Social também terão que comprovar o vínculo empregatício, e as pessoas com deficiências o recebimento do BPC.

Após a validação dos cadastros prévios, pela SMS, o Município vai abrir a etapa do agendamento, para estes grupos, que contemplam cerca de 25 mil pessoas. O prefeito Marcelo Belinati, que está em Brasília, reforçou a importância deste público fazer o seu cadastro no portal da Prefeitura. “Na sequência, a SMS dará todas as informações sobre como proceder para que a pessoa seja vacinada. Vamos em frente, que Deus nos abençoe, e tudo isso vai passar”, ressaltou.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, disse que a SMS está se organizando, para que a validação dos cadastros ocorra por meio de informações fornecidas pelos órgãos da Educação. “Por exemplo, das escolas municipais, professores e da comunidade escolar, temos os dados da Secretaria Municipal de Recursos Humanos. Também vamos solicitar, ao Núcleo Regional de Ensino (NRE), os dados dos professores e da comunidade escolar do Estado. E a Secretaria Municipal de Educação vai fazer a articulação, junto às demais instituições de ensino para que elas possam fornecer informações à SMS. Isso vai facilitar para fazermos a validação destes cadastros”, explicou.

Vacinômetro

A SMS também segue vacinando os idosos a partir dos 60 anos. De acordo com os números atualizados da vacinação contra a Covid-19 em Londrina, até as 23 horas de terça-feira (4), receberam a primeira dose 116.991 mil pessoas, das quais 67.009 também foram imunizadas com a segunda dose.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios