Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Hospital Universitário já conta com 40 leitos de enfermagem para casos de menor gravidade; mais dez leitos de UTI devem ser abertos em breve

O prefeito Marcelo Belinati visitou, ontem (30), o Hospital Universitário de Londrina (HU), para conhecer as instalações dos dez novos leitos de Terapia Intensiva (UTI) montados para atender exclusivamente os pacientes em estado grave pelo coronavírus (Covid-19). A ampliação de leitos emergenciais, entre diversas ações de prevenção e combate, compõe a primeira etapa do plano de contingência e enfrentamento a esta doença em Londrina, tendo o HU como hospital de referência no processo de contenção da epidemia.

Junto ao prefeito, os secretários municipais de Saúde, Felippe Machado, e de Planejamento, Marcelo Canhada, visitaram os leitos e se reuniram com a diretora superintendente do HU, Vivian Feijó. Além dos dez leitos de UTI, que já estão prontos para funcionar a partir de ontem (30), o HU conta com 40 leitos de retaguarda em enfermaria, direcionados a tratar dos casos mais moderados da doença. Outros dez leitos de UTI estão em processo de instalação e devem ser abertos em breve, totalizando, assim, 20 leitos a mais de terapia intensiva na unidade, também para os casos de  COVID-19.

De acordo com Vivian Feijó, a perspectiva é que mais 38 leitos de UTI ainda sejam criados no hospital para atender a demanda relacionada ao Coronavírus, dos quais 36 seriam para atendimento adulto e dois para pediatria. “De forma gradativa, com a liberação de mais recursos e autorização do governo estadual, poderemos fazer a ativação de mais leitos. São espaços de UTI importantes para atender as pessoas que estejam com quadro mais grave da doença. Junto com o Município e o Estado, os esforços são gerais para que a cidade tenha as melhores condições de prestar o melhor serviço em saúde à população neste momento”, destacou.

O prefeito destacou a importância dos novos leitos para o tratamento das pessoas acometidas pela doença. “Eles representam mais um passo na luta pela vida, que é o que defendemos em Londrina. Somamos esforços, Município  e Estado, e vamos tratar as pessoas, além de prosseguir com as medidas preventivas já tomadas na cidade”, frisou.

O secretário Felippe Machado enfatizou que o plano de ação para enfrentar o coronavírus no município prevê a criação de mais de 80 leitos de UTI na rede hospitalar, que estão sendo habilitados de forma gradual, conforme as necessidades e possibilidades de viabilização. “Os dez novos leitos de UTI são espaços individuais, com isolamento total, e contam com a estrutura mais moderna para receber e tratar os pacientes em estado grave pelo coronavírus. É muito valiosa a ampliação dessa oferta nos hospitais locais, em um momento tão difícil que todos nós estamos encarando com esta pandemia”, disse.

Machado ressaltou que, além de todas as ações que já vêm sendo implantadas, incluindo as medidas preventivas e de combate adotadas pelo prefeito Marcelo na rede municipal, o isolamento social é fator de fundamental importância para diminuir a circulação viral na cidade. “É essencial lembrar que o isolamento ajuda muito na prevenção ao vírus e retenção da epidemia, de maneira geral. Portanto, nunca é demais lembrar que é preciso ficar o máximo de tempo em casa. Isso serve para reduzir as chances de contágio e transmissão, além de permitir que o poder público e toda a rede de saúde de Londrina consiga ter mais tempo para implantar novas medidas”, acrescentou.

Segundo Marcelo Canhada, outras iniciativas e medidas estão em fase de estudo e tratativas, podendo ser colocadas em prática, em breve, neste enfrentamento que vem sendo planejado diariamente. “Uma equipe técnica com profissionais e médicos da rede pública e privada, altamente preparada e especializada, está cuidando, de forma compartilhada, com atualização diária, das decisões que são tomadas para otimizar a capacidade de atendimento do Município”, salientou.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios