Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A unidade atende quase 10 mil moradores; para realizar as melhorias, foram investidos cerca de R$190 mil

O prefeito Marcelo Belinati entregou, ontem (16), a sexta Unidade Básica de Saúde de Londrina reformada durante a sua gestão. A UBS Casoni recebeu diversas intervenções em sua infraestrutura, para melhor atender quase dez mil moradores da Vila Casoni e bairros próximos. O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, também participou da reabertura da UBS, que fica localizada na Avenida Dez de Dezembro, 580, na região central.

Dentre os serviços feitos na reforma, houve troca de pisos e telhado, substituição da iluminação antiga por lâmpadas de LED, adequações para acessibilidade de pessoas com deficiência, e várias outras. Para esta obra, foram investidos cerca de R$190 mil, sendo que parte deste valor foi contrapartida do Município.

O prefeito afirmou que Londrina vive seu melhor momento, e segue na contramão de outros municípios que enfrentam dificuldades financeiras, com investimentos e obras acontecendo por toda a cidade. “A Vila Casoni é um dos bairros mais antigos de Londrina, e só nesta região temos diversas obras em andamento ou com projetos sendo finalizados. Dentre eles, o viaduto da Dez de Dezembro, construção da UBS da Fraternidade e da sede do SAMU, revitalização do Centro Social da Vila Portuguesa, duplicação da Avenida das Laranjeiras, recape asfáltico das ruas dos bairros, e outros. Ou seja, tem muita coisa boa sendo feita e preparada para começar”, detalhou.

Na solenidade de reabertura, foram exibidas imagens do prédio antes do início das obras, e o prefeito destacou o quão precárias eram as instalações da UBS. “Essa obra física que inauguramos aqui é para que possamos atender com mais qualidade a nossa população. E isso só é possível se pudermos dar as condições adequadas de trabalho para as equipes da Saúde. O posto está bonito, com outra cara, o que com certeza dará mais ânimo para os nossos excelentes profissionais”, citou.

O secretário municipal de Saúde frisou que o trabalho desenvolvido na UBS da Vila Casoni integra um programa de reestruturação que vai atingir todas as unidades, até o final do próximo ano. “Este é o sexto posto de saúde que entregamos na gestão do prefeito Marcelo Belinati. Isso demonstra que a atual administração foca em resultados, e está intervindo por toda a cidade em diversas frentes, inclusive na Saúde. E a nossa previsão é que, na próxima semana, comece o segundo lote desse cronograma de reestruturação, com mais 10 a 20 UBS que serão reformadas pelos próximos meses”, adiantou.

A coordenadora da UBS Casoni, Karin Puschel, aproveitou a ocasião para agradecer a compreensão e o apoio dos pacientes atendidos pela equipe da unidade. Durante a reforma, a população de abrangência da UBS Casoni foi atendida na unidade do Jardim Ideal. “Nesse período, percebemos o quanto somos queridos por essa comunidade. Quando a Prefeitura decidiu fazer essa reforma acertou muito, pois não somos apenas uma equipe de Saúde, mas sim uma família. E a comunidade também faz parte dessa família. Enfrentamos juntos várias situações, como dificuldades com as goteiras, falta de acessibilidade para os cadeirantes, mas também vivenciamos pequenos gestos que comprovam esse carinho, com os moradores sempre nos auxiliando. Por isso, em nome de toda a comunidade e equipe de funcionários, digo que estamos muito felizes com essa obra, e agradeço a todos que se envolveram e mobilizaram para que essa reforma acontecesse”, frisou.

Reforma

As obras contemplaram troca do piso interno e reforma do piso externo, incluindo calçadas e acessos. Houve ainda a adequação dos sanitários para atender pessoas com deficiência, pintura, recuperação de esquadrias metálicas, substituição de vidros e lâmpadas, adequação de rufos, calhas e troca de todo o telhado da UBS. O abrigo de resíduos também foi recuperado, bem como a comunicação visual da unidade. A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) executou a melhoria na sinalização de trânsito no local, com pintura de faixas, vagas de estacionamento exclusivas para idosos, entre outras melhorias.

Inaugurada em 1992, a UBS Casoni havia recebido apenas uma reforma estrutural desde sua implantação, que foi realizada em 1996. São atendidos pela unidade os moradores dos Jardins Amália, Arabela, Castelo, Elizaz, Fujiyama, Guaratuba, Kase, São Joá, São José, Shinzato, Social, Souza Coelho, Tsukamoto, Conjuntos Habitacionais Lupércio Luppi e Novo Mundo, Parques Oriente e São Gabriel, Vilas Casoni, Galvão, Góes, Matsunaga, Santi, São Paulo e Yara.

Entre os serviços oferecidos para a comunidade na UBS Casoni, estão consultas médicas, odontológicas e de enfermagem; acompanhamento da gestante e do bebê, com pré-natal e puericultura; consulta multiprofissional com a equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), exames preventivos, vacina, fornecimento de medicamentos, grupos de educação em saúde, inalações, e outros atendimentos.

Na solenidade de reabertura da UBS, também estavam presentes o vice-prefeito de Londrina, João Mendonça; os vereadores Péricles Deliberador, Jairo Tamura, Jamil Janene e João Martins; representantes do Conselho Municipal de Saúde e da Associação de Moradores, entre outras lideranças locais.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios