Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Novos grupos são incluídos nesta etapa, que inicia hoje (9) e prossegue até o dia 9 de julho

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, inicia a terceira e última etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, e vai até o dia 9 de julho. Nesta fase, podem se vacinar os seguintes grupos: pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Sobre as comorbidades, estão sendo consideradas: doença respiratória crônica; doença cardíaca crônica; doença renal crônica; doença hepática crônica, doença neurológica crônica; diabetes mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos; imunossupressão; obesos; transplantados; portadores de trissomias.

Para receber a dose, é necessário agendar um dia e horário na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência do usuário ou que estiver participando da campanha. A medida visa evitar possíveis aglomerações, devido à pandemia da Covid-19. Clique aqui para acessar os telefones e endereços de todas as unidades. Todas as UBSs, com exceção das respiratórias, estão aplicando a dose contra a gripe.

Além deste público-alvo, os grupos das etapas anteriores também podem se vacinar:  idosos acima dos 60 anos, os professores que atuam em instituições educacionais públicas e particulares de todos os níveis de ensino, além dos profissionais da saúde, gestantes, puérperas e crianças a partir dos 6 meses até menores de 6 anos.

No ato da imunização, é necessário que a pessoa apresente um documento que comprove que ela faz parte do grupo prioritário, documento pessoal com foto e carteira de vacinação, caso tenha. Os idosos e os profissionais de saúde devem apresentar a carteira de vacina da Covid-19.

A vacina ofertada é a trivalente, que protege contra as três cepas do vírus que tiveram maior circulação recentemente e são da linhagem A H1N1 e H3N2 e B/Victoria. A aplicação é em dose única, exceto para as crianças que receberem a vacina pela primeira vez. Neste caso, os pais ou responsáveis também precisam agendar a segunda dose.

A campanha de vacinação contra a gripe coincide com a imunização contra a Covid-19. A recomendação do Ministério da Saúde é que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários tomem primeiro a vacina contra a Covid-19 e depois a vacina contra a gripe, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre as aplicações.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios