Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Crianças de até cinco anos devem ser imunizadas; Em Londrina, vacina é ofertada nas Unidades Básicas de Saúde e no Centro de Imunização

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prorrogou a campanha de vacinação contra a poliomielite, conforme as recomendações da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (SESA/PR). A vacinação continuará vigorando até que os estoques da vacina cheguem ao fim ou até que a cobertura vacinal atinja a meta estabelecida de 95% do público-alvo imunizado.

Em Londrina, assim como nas outras 21 unidades regionais de saúde do Paraná, a adesão da população à campanha tem sido baixa. Isso porque apenas 6.818 das 26.264 crianças menores de cinco anos do município foram imunizadas, o que representa cerca de 26% do total.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, a baixa cobertura é resultado de boatos e informações distorcidas sobre a vacina, que são compartilhadas nas redes sociais. “Nós precisamos reforçar a importância da vacinação, que protege as nossas crianças. A vacina contra a poliomielite é segura, eficaz e tem a função primordial de evitar essa grave doença. A gente observa uma “onda antivacina” muito forte em todo o território nacional, cuja consequência é o retorno de doenças que já estavam erradicadas como, por exemplo, o sarampo”, explicou o secretário.

Vacinação

Pais, mães e responsáveis por crianças menores de cinco anos podem levá-las à Central de Imunização, que fica no CMEI Valéria Veronesi (Supercreche), na Rua Benjamin Constant, 800. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 14h às 20h, com 200 vagas diárias para vacinação no local.

Além da Central, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) também ofertam a imunização, exceto as seis unidades que estão atendendo exclusivamente pacientes com suspeitas de síndromes respiratórias (Jardim Guanabara/Centro; Bandeirantes/Oeste; Ouro Branco/Sul; Chefe Newton e Maria Cecília/Norte; e Vila Ricardo/Leste). Devido às medidas de segurança contra à pandemia causada pelo novo Coronavírus, o atendimento deve ser agendado por telefone, a fim de evitar possíveis aglomerações. A lista com os endereços e números telefônicos de todas as UBSs de Londrina pode ser acessada aqui.

Poliomielite

Também chamada de paralisia infantil ou pólio, a poliomielite é uma doença capaz de provocar paralisia irreversível. Atinge, principalmente, crianças com até quatro anos de idade, mas também pode acometer adultos que não foram vacinados. Por isso, é fundamental que as crianças de até cinco anos sejam imunizadas.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios