Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Apenas 1.107 crianças foram imunizadas na ação, que aconteceu no último sábado (7); dose da vacina continua sendo ofertada durante a semana nas UBSs

Apesar de todos os esforços da Prefeitura de Londrina para vacinar o maior número de crianças contra a poliomielite, doença também conhecida como paralisia infantil, a cidade tem registrado baixa adesão à Campanha de Vacinação que está em curso. No último sábado (7), a Secretaria Municipal de Saúde abriu diversas unidades escolares municipais para ofertar a dose da Vacina Oral Poliomielite (VOP). A intenção era possibilitar para os pais, que trabalham durante a semana, a oportunidade de levar seus filhos para receberem a dose no final de semana.

Mesmo assim, a adesão foi baixa, pois foram aplicadas apenas 1.107 doses no sábado, em crianças de 12 meses a menores de 5 anos, público-alvo da campanha. No mesmo dia, também foram avaliadas 544 carteiras de vacinação e aplicadas outras 56 vacinas. Até o momento, foram aplicadas 12.074 doses. A meta estabelecida  é de 26.264, o que representa 45,97% de cobertura completa até agora. O objetivo é vacinar 95% do público-alvo.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, atribuiu a baixa adesão à falta de conscientização das pessoas sobre a importância da vacinação. Segundo ele, mesmo com o advento da pandemia, a Prefeitura tem buscado alternativas e estratégias para manter uma vacinação segura, como aconteceu no último no sábado, nas sedes das escolas, que têm espaços amplos, abertos e arejados.  “Devido ao Coronavírus, colocamos uma equipe reforçada, para evitar filas e aglomeração, em todas as regiões da cidade. Mas, mesmo assim, não houve boa adesão por parte dos pais e responsáveis. Vamos continuar com as ações, buscando atingir nossa meta”, afirmou.

A Campanha de Vacinação prossegue, em todo o Paraná, até que os estoques da vacina cheguem ao fim ou até que a cobertura vacinal atinja a meta estipulada de 95%. Em Londrina, com exceção das UBSs respiratórias (do Jardim Guanabara/Centro, Bandeirantes/Oeste, Ouro Branco/Sul, Chefe Newton e Maria Cecília/Norte e Vila Ricardo/Leste), as demais unidades estão participando da campanha.

Pais e responsáveis podem realizar o agendamento de horário, via telefone, a fim de evitar possíveis aglomerações. A lista completa das UBSs, com seus endereços e telefones, está disponível no Portal da Prefeitura  (clique aqui).

A Campanha também é realizada pela Central de Imunização, que fica no CMEI Valéria Veronesi (Supercreche), na Rua Benjamin Constant, 800. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 14 às 20 horas, com 200 vagas diárias para vacinação no local. Para receber a dose na Central, é necessário agendar um horário pela internet, por meio do Portal da Prefeitura de Londrina  (clique aqui para fazer o agendamento).

NCPML

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.