Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Itens serão distribuídos para a Maternidade, Pronto Atendimento Infantil, UBSs, UPAs e SAMU; alguns já estão sendo instalados

O prefeito Marcelo Belinati autorizou a compra de diversos equipamentos para a Saúde. Ao todo serão investidos cerca de R$ 6 milhões decorrentes dos impostos pagos pelos contribuintes. Já foram adquiridos e estão sendo instalados550 esfigmomanômetros (que medem a pressão sanguínea); 50 estetoscópios (para a escuta de ruídos internos do organismo); 35 negatoscópios (aparelho cuja função é visualizar com clareza as radiografias); doiscardioversores (utilizados para a liberação de estímulos elétricos no coração); 40 Kits instrumentais para odonto; 30 macas e dois aspiradores de secreção.

Outros itens estão em processo de aquisição e serão instalados em breve na Rede Municipal. São eles:quatr oveículos baixos; duas vans; um microônibus; uma ambulância (município conta com 15 ambulâncias atualmente); mil computadores; 600 tablets;180 aparelhos de ar condicionado; 375 ventiladores; 31 consultórios de odonto; outros 854 esfigmomanômetros; mais 640 estetoscópios; 130 canetas de rotação - odonto;60 bebedouros; 35 lavadoras ultrassônicas - esterilização; seis câmaras de vacina; 50 carrinhos de emergência; 10 desfibriladores externos automáticos (DEA); 240 termômetros auriculares; 90 poltronas reclináveis.

E mais: 50 compressores de ar;12 seladoras de esterilização; 74 detectores fetais portáteis; 17 geladeiras comuns; 37 televisões; 100 longarinas para sala de espera;
700 cadeiras comuns; 35 balanças pediátricas; 60 aspiradores de secreção - portátil;
30 oxímetros;200 aquecedores; 20 carrinhos de curativos; 50 aparelhos - fotopolimerizador; quatro bisturis elétricos; quatro incubadoras;11 cadeiras de rodas; dois monitores multiparamétricos; 100 mesas ginecológicas; 250 telefones comuns;80 telefones head set; cinco aparelhos de fototerapia; seis berços aquecidos; 14 berços - recém-nascido; 40 camas hospitalares; dois carditocos; uma secadora de roupa industrial; duas máquinas de costura industrial; três aparelhos de eletro.

O prefeito ressaltou que a substituição dos aparelhos vai melhorar o atendimento às famílias, dando também melhores condições de trabalho aos profissionais da área. “Muitos desses equipamentos que estão sendo utilizados hoje foram comprados há quase 30 anos e já estão superados. Sabendo que a tecnologia se moderniza com muita rapidez e que não podemos ficar para trás, estamos fazendo essa substituição”, disse Marcelo em sua rede social.

O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, enfatizou que este é um investimento inédito e histórico para a Saúde de Londrina. Segundo ele, além de melhorar a qualidade do atendimento aos pacientes, estas aquisições proporcionarão um ambiente mais humanizado à população e servidores, já que há previsão de compra de aparelhos de ar condicionado, ventiladores e cadeiras. “Tudo isso irá reestruturar a saúde pública, para Londrina voltar para um cenário de protagonismo, somando-se a outras ações que já estão sendo executadas, como a reforma das UBSs da cidade. Todos estes investimentos demonstram que a Saúde é prioridade na administração do prefeito Marcelo Belinati”, frisou.

Dayane Albuquerque/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios