Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Referência de atendimento da Rede Mãe Paranaense, a Maternidade Mater Dei, de Curitiba, já realizou mais de 200 mil partos. A marca foi atingida na última terça-feira (17), com o nascimento da pequena Maria Alice de Souza, segunda filha do casal Letícia e Ricardo de Souza, ambos moradores da capital.

Quase uma semana depois do nascimento, os três voltaram ao hospital nesta segunda-feira (23) para realizar exames complementares. De acordo com o pai, Maria Alice se desenvolve bem e toda a família está satisfeita com o tratamento recebido. “Graças a Deus, correu tudo bem. Deu tudo certo com o parto normal e agora já estamos em casa”, relatou.

Ele lembrou ainda que o primeiro filho do casal - Kauã, de cinco anos - também nasceu na Mater Dei. “Já conhecíamos o atendimento do hospital e fico feliz que o padrão tenha sido mantido. As enfermeiras são super atenciosas e só tenho a agradecer a todos que nos receberam aqui”, complementou o pai.

MATERNO-INFANIL – Em visita à instituição, nesta segunda-feira (23), o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, fez questão de conhecer a família Souza e destacou a importância da marca para a atenção materno-infantil do Estado. “Mais que números, estamos tratando de vidas. Paranaenses que estão nascendo saudáveis graças à excelência dos serviços prestados por esta equipe de profissionais, empenhados em garantir o bem-estar das gestantes e bebês”, declarou.

Em 68 anos de história, a Mater Dei é hoje a maternidade que mais realiza partos pelo SUS no Paraná. Em média, são quase 350 procedimentos por mês e 4 mil por ano. Através da Rede Mãe Paranaense, a unidade é referência na assistência a gestações de risco habitual e risco intermediário. Atualmente, a estrutura conta com 54 leitos de internação e mais 18 de UTI neonatal. O local dispõe, ainda, de uma retaguarda preparada para atender casos de maior gravidade. “A Mater Dei é um exemplo para toda a rede pública de saúde. Uma instituição filantrópica que desempenha com destaque o papel social de cuidar da saúde das pessoas”, destacou o secretário.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios