Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

“Boas práticas adotadas no Hospital de Clínicas podem ajudar a orientar busca pela excelência no serviço público”, afirmou Ricardo Barros

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, visitou na manhã desta segunda-feira (25) as instalações do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba. A unidade realiza cerca de 11 mil atendimentos diários e é referência no Paraná e no país.

Acompanhado do reitor da Universidade, Zaki Akel Sobrinho, e diretores do hospital, o ministro conheceu alas como as de transplante de medula óssea, clínica pediátrica e serviço de transplante hepático, além de receber informações administrativas e de atividades da unidade. O Hospital de Clínicas beneficia cerca de 3,49 milhões de habitantes da 2ª Região de Saúde do Paraná, composta por 29 municípios, e foi o primeiro da América do Sul a realizar transplante de medula de não-aparentado, em 1979.

Para o reitor Zaki Akel Sobrinho, é preciso investir ainda mais no fortalecimento da estrutura. “Há uma grande expectativa em receber o apoio necessário do ministério. Nosso grande problema é desabastecimento, e por esse motivo ainda esperamos ampliar as condições para aquisição de equipamentos e de suprimentos para o hospital”, disse.

O Hospital de Clínicas da UFPR possui 609 leitos SUS e neste ano já recebeu do Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF) - desenvolvido e financiado em parceria com o Ministério da Educação -, R$ 9,23 milhões. Em incentivos, a unidade recebe R$ 6,7 milhões anuais.

Segundo o ministro, as instituições também precisam de planejamento estratégico junto aos governos locais. “Precisamos credenciar os serviços necessários para a região e conciliar a gestão com as necessidades da populaçãootimizando assim os recursos”.

Informações Agência Saúde

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios