Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Depois de quase um mês no HU, Zezinho está em casa

Sair do Hospital Universitário (HU) de Londrina a bordo de uma ambulância e tomar a PR-445 com destino a Tamarana já faz parte rotina de José Carlos do Nascimento, o Zezinho. Afinal, as curvas da rodovia não são novidade para ele, que é motorista da Secretaria municipal de Saúde há 14 anos.

E Zezinho passou pelo mesmo trajeto na noite da terça-feira (08). Dessa vez, no entanto, ele não estava ao volante, mas na maca do veículo. Com um sorriso que só saiu do rosto para dar lugar a lágrimas de felicidade, o servidor público voltou para casa depois de ter contraído Covid-19, passar quase um mês hospitalizado e, enfim, receber alta médica.

Ao chegar em Tamarana, Nascimento, de 56 anos, foi recebido por uma carreata organizada pela família e os amigos. “Eu não sei explicar o que passei, mas hoje, graças a Deus, estamos de retorno aqui, com essa recepção maravilhosa. Agradeço ao povo de Tamarana, eu não esperava isso aí”, contou com os olhos marejados.

Zezinho precisou ser hospitalizado em 09 de agosto, Dia dos Pais. Sua situação ficou bastante complicada. Permaneceu entubado por dias. Agora de volta ao lar, ele é só gratidão pelo carinho e atenção dispensados por todos que o ajudaram a lutar contra a doença. “Tenho que agradecer também ao povo do HU [Hospital Universitário, de Londrina], que me tratou super bem”, acrescentou.

Perguntado sobre qual mensagem gostaria de deixar ao tamaranense que tem tido que lidar com a pandemia da Covid-19 há meses, o profissional da Saúde é claro em seu alerta. “Aquele que puder evitar aglomeração, evite. Porque a gente acha que é uma brincadeira. E, vou te falar, depois que pega, aí é que você vai ver o que é a coisa”.

Dados epidemiológicos

Zezinho é um dos 116 tamaranenses que se recuperaram da doença. O número consta no mais recente boletim epidemiológico do novo coronavírus produzido pela Secretaria municipal de Saúde. Com a alta do motorista da pasta, são três moradores atualmente hospitalizados.

Lucas Marcondes Araújo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios