Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Cerca de 350 pacientes serão vacinados, entre hoje e amanhã, nas próprias clínicas de hemodiálise;

Ontem (7), a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), deu início à vacinação contra a Covid-19 em pessoas com comorbidades. O secretário de Saúde, Felippe Machado, acompanhou o início da vacinação deste público-alvo, na Clínica DaVita, onde pacientes renais crônicos que estão fazendo hemodiálise, e têm entre 18 e 59 anos, receberam a sua dose, seguindo os critérios definidos pelo Ministério da Saúde (MS).

Segundo o secretário Machado, entre hoje (7) e amanhã (8), cerca de 350 pacientes renais crônicos serão vacinados nas próprias clínicas de hemodiálise. “Temos um total de 750 pessoas fazendo hemodiálise em Londrina, uma parte delas já recebeu a vacina, pois se enquadraram no critério de idade, anteriormente, e o restante, que são estas 350, receberão a dose nestes dois dias. Independente da cidade em que estes pacientes residem, se estiverem fazendo o tratamento em Londrina, serão imunizados contra a Covid-19”, afirmou.

O secretário explicou que, nesta primeira fase, todas as pessoas que possuem as comorbidades definidas pelo MS, com idade entre 55 e 59 anos, serão vacinadas. Além destas, indiferente da idade, também se enquadram na primeira etapa, as gestantes, puérperas e pessoas com síndrome de Down, com comorbidades. “Nós fizemos esta primeira liberação da vacina e hoje vamos atualizar o cadastro, das unidades de saúde, para fazer mais uma liberação. Faremos isso até que todo este grupo seja contemplado”, contou.

Segundo Machado, até agora, o município contabiliza 20 mil pessoas com comorbidades cadastradas no site da Prefeitura. “Ainda não fizemos a análise de todos os cadastros, mas tivemos uma surpresa positiva, pois 95% dos envelopes que avaliamos estavam completos, com toda a documentação exigida, incluindo o relatório médico, comprovante de residência, documentos pessoais, o que facilitou muito o trabalho de nossa equipe”, disse.

Além dos pacientes renais crônicos, nesta sexta-feira (7) também estão sendo validados outros 542 cadastros de pessoas com variadas comorbidades, para agendar a vacinação em uma das sete unidades exclusivas. Dentro deste público-alvo, estão aptos a receber a primeira dose, pacientes com diabetes; hipertensão arterial; doença cerebrovascular; portadores de prótese valvares; obesidade mórbida; imunossuprimidos; doença pulmonar grave; cirrose hepática; gestantes e pessoas com síndrome de Down.

Como agendar

A vacinação contra a Covid-19 deve ser agendada no Portal da Prefeitura (clique aqui). Àqueles que não possuem acesso à internet ou estão com dificuldades para fazer o agendamento, podem se dirigir a qualquer unidade escolar municipal para obter auxílio.

O agendamento pode ser feito nas sete unidades exclusivas, localizadas em todas as regiões da cidade: Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Jardim do Sol, Alvorada, Eldorado, Ernani, Ouro Branco e Vila Casoni, funcionando de segunda a sexta, das 7h30 às 19 horas, e aos sábados, no mesmo horário, quando há agendamento de vacinação. Também está aberto o Centro de Imunização da Região Norte, instalado no prédio do CCI Norte (Rua Luiz Brugin, 570), com atendimento de segunda a sexta, das 7h30 às 23 horas, aos sábados, das 7h30 às 21 horas.

O cadastro prévio para a vacinação contra a Covid-19 ainda pode ser feito. Clique aqui para conferir a íntegra das condições pré-existentes contempladas neste grupo prioritário. No dia da vacinação é preciso apresentar documento de identificação com foto, como RG e CNH, e o comprovante de inscrição, que contém QR Code, emitido no Portal da Prefeitura.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios