Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Desde o retorno da doença em agosto de 2019, após mais de 20 anos sem casos, o Estado registrou 1.150 confirmações. Para que seja considerado erradicado é preciso 90 dias sem novas notificações.

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou um novo informe epidemiológico do sarampo ontem (21) e não há registro de novos casos nas últimas quatro semanas. Desde o retorno da doença em agosto de 2019, após mais de 20 anos sem casos, o Estado registrou 1.150 confirmações. Constam no boletim 3.423 casos notificados neste perído, sendo 1.644 em investigação e 629 descartados.

Comparando ao informe da semana anterior, o número de confirmações aumentou em 34 registros. Mas não são casos novos e sim de amostras coletadas em períodos anteriores e que estavam em processamento no Laboratório Central do Paraná.

Para que o sarampo seja considerado novamente erradicado no Estado é preciso um período de 90 dias sem novas notificações. O Paraná permaneceu por mais de 20 anos sem ocorrência do sarampo.

Em agosto de 2019 casos começaram a aparecer e em poucos meses muitas pessoas foram contaminadas pelo vírus. Nenhum óbito foi registrado em decorrência da infecção do Paraná.

Vacinação

A campanha nacional de vacinação começou em fevereiro e segue até 30 de julho. A vacinação tem como foco a imunização do público de 20 a 49 anos, que foi o que teve maior incidência da doença no Paraná. A vacina é gratuita e está disponível em unidades de saúde.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios