Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A aplicação está sendo feita em casa, instituições e asilos. No caso dos acamados que estão nas residências, os postos de saúde estão entrando em contato com os pacientes para marcar horário e lembrando que a vacinação é gratuita

Nesta semana, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, em Curitiba, foi retomada e vacinou nos dias 06 e 07 os idosos com 70 anos ou mais, ainda não imunizados neste ano, os acamados ainda continuam sendo atendidos em casa. 

Esse critério de vacinar por idade separadamente teve que ser tomado depois que Nos dois primeiros dias da campanha 130 mil doses foram aplicadas, esta grande procura fez com que a estratégia fosse adotada, evitando assim aglomerações nesse período de pandemia do novo coronavírus.

No caso dos acamados que estão nas residências, os postos de saúde estão entrando em contato com os pacientes para marcar horário e lembrando que a vacinação é gratuita. 

Durante a última semana, a Secretaria Municipal da Saúde imunizou contra Influenza 18 mil idosos acamados e em instituições de longa permanência, com idades acima de 80 anos. 

Para idosos com 70 anos ou mais que conseguem se locomover, os 21 pontos de vacinação permanecem os mesmos. Distribuidos na Regional Boa Vista, Bairro Novo, Boqueirão, Cajuru, Cic, Santa Felicidade, Matriz, Pinheirinho, Portão e Tatuquara. O horário é das 9h às 17h e é necessário apresentar documento de identificação.

A chefe da Divisão de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde, Vera Rita da Maia, fala sobre a importância da imunização:

“A vacinação dos idosos e profissionais de saúde contra Influenza protege das formas graves, hospitalização, complicações e óbitos por gripes. Neste momento a triagem ajuda a fazer diagnóstico diferencial com a Covid-19.”

A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe é voltada para idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde e vai até 15 de abril. 

Curitiba teve cinco pontos para aplicar a vacina no sistema drive thru, exclusivos para idosos, que não precisavam sair do carro para receber a dose. Esses pontos foram bem procurados nos primeiros dias da campanha. Além dos drive thrus, a prefeitura tinha determinado que as doses fossem aplicadas em pontos externos, para evitar aglomerações dentro dos postos de saúde, por conta do coronavírus.

O secretário de Saúde Estadual, Beto Preto, enfatiza a importância da vacinação.

“Se todos se vacinarem contra o Influenza vamos conseguir, com mais facilidade,  o diagnótico diferenciado do coronavírus e enfrentá-lo com mais rapidez atingindo mais o nosso exito", alerta.

Até o momento 76% dos idosos foi vacinado, o que equivale a mais de 150 mil idosos e mais de 45% dos profissionais da saúde também já foram imunizados. 

O Ministério da Saúde está orientando as pessoas que, em caso de fila, principalmente os idosos, devem manter distância de pelo menos 2 metros. Informe-se se na sua cidade haverá uma estratégia de vacinação diferenciada. 

Para mais informações sobre a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, acesse: saude.gov.br/vacinabrasil. 

Agência do Rádio

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios