Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Unidade receberá a primeira reforma desde a sua inauguração, em 2006. Ela estava interditada desde as últimas chuvas fortes de 2016

Na manhã de ontem (18) o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, e o secretário municipal de Saúde, Luiz Soares Koury, assinaram o contrato para a recuperação e reparo estrutural da Unidade Básica de Saúde (UBS) Avelino Vieira (Panissa/Maracanã), localizada na Rua Ginástica Olímpica, 195, no Jardim Maracanã, região oeste. A solenidade foi realizada na Quadra Poliesportiva do Jardim Maracanã (ao lado do CRAS Oeste A).

O prefeito está tratando essa obra como prioridade, principalmente porque a UBS está interditada há um ano, devido às fortes chuvas de janeiro de 2016. Por isso, os moradores da região precisam se deslocar para receber atendimento na Unidade do Jardim Tókio. “É uma obra importante, estamos em um momento de dificuldade financeira da Prefeitura, mas a administração tem que ter prioridade. E a saúde é a nossa. Em um primeiro momento, vamos reestruturar as UBSs já existentes, não deixar que faltem médicos nas escalas de plantão das UPAs e do PAI e, a partir desse momento, avançaremos com as questões de outras regiões”, explicou Marcelo.

A Unidade do Panissa/Maracanã mede 498 m². Nela serão pintadas as paredes, o forro e o muro; feitas melhorias nos banheiros como instalação de azulejos e trocas de vasos sanitários com problemas; serão trocadas também as portas, janelas e as telhas estragadas; recuperado o piso e as calçadas; e será feita a revisão elétrica e hidráulica. Também serão consertados os problemas na fundação do prédio por meio da recuperação estrutural.

Segundo o secretário de Saúde, a previsão para início das obras é até o final deste mês, quando se finalizam os trâmites para o empenho do recurso financeiro, o que deve levar cerca de 10 dias. Ao todo, serão investidos R$ 441.939,71, sendo R$ 150 mil provenientes do Fundo Estadual de Saúde ao Fundo Municipal de Saúde e R$ 291.939,71 da contrapartida municipal. “Esta é a primeira obra anunciada no governo Marcelo Belinati na área da saúde e não será a única. Estamos nos preparando para avaliar tecnicamente todas as unidades de saúde e estabelecermos prioridade para recuperar onde for necessário”, explicou Koury.

A empresa vencedora do processo licitatório de Tomada de Preços, tipo menor preço, foi a Regional Planejamento e Construções Ltda. Ela terá 150 dias para finalizar os serviços a contar do recebimento da assinatura da ordem de serviço.

Atualmente, mais de 15 mil pessoas são atendidas nessa unidade. São moradores dos bairros Jardins Columbia D, Londriville, Maracanã, Tropical C, Sabará 3 e Olímpico, Portal das Colinas 1 e 2, Parque Universidade 1 e 2, Conjuntos Habitacionais João Turquino e Avelino Vieira (Panissa) e chácaras (Cafezal). Eles são atendidos por enfermeiros, auxiliares de enfermagem, pediatra, ginecologista e dois clínicos gerais, além de outros profissionais da saúde.

Estiveram presentes na solenidade o vice-prefeito, João Mendonça, o chefe de Gabinete da Prefeitura de Londrina, Bruno Ubiratan, o secretário de Governo, Marcelo Canhada, o sócio proprietário da empresa responsável pelas obras, José Marcos da Rocha, o secretário de Obras e Pavimentação, Fernando Tunouti, a coordenadora da UBS Panissa/Maracanã, Larissa Avancini, o vice-presidente da Câmara de Vereadores, Ailton Nantes, o vereador Émerson Petriv, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Eliel Joaquim dos Santos, o vigário da região, padre Dirceu Fumagali, a superindente do Hospital Universitário, Elizabeth Ursi, o representante do Hospital Evangélico, Reilly Lopes, diversos secretários e servidores municipais e a comunidade em geral.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios