Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Participaram do curso 36 médicos de Londrina; especialização tem como objetivo melhorar a atenção à saúde no SUS

Foi concluído na manhã desta quinta-feira (29) o curso de Especialização em Preceptoria de Residência Médica no Sistema Único de Saúde (SUS). Ao todo, 36 médicos de Londrina participaram do curso, que é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com o Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP/HSL) e o Ministério da Saúde. A cerimônia de encerramento ocorreu no auditório da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Realizado entre novembro de 2015 e setembro deste ano, o curso foi composto por 360 horas, sendo 288 horas de encontros presenciais e 72 horas de aulas à distância, ministrados pelo Instituto Sírio-Libanês. Dos 36 médicos formados, 32 trabalham na Secretaria Municipal de Saúde e os outros quatro atuam em instituições como o Hospital Evangélico, Hospital do Coração e Hospital Santa Casa de Londrina.  

Segundo a Tutora de Aprendizagem do curso e servidora municipal da Saúde, Mara Rocha Ramos, o curso tem como objetivo contribuir para a formação de profissionais que atuam como preceptores de Residência Médica em cenários reais de cuidado à saúde, visando à reorientação dos modelos de atenção e de formação, no sentido de ampliar a qualidade, o acesso e a integralidade do cuidado.
“Trata-se de uma iniciativa importante para que os médicos residentes possam ter um melhor desenvolvimento, com perfil mais humanizado, acolhedor e apto a atender as demandas do SUS”, ressaltou.

Os médicos preceptores que fizeram a especialização irão acompanhar e auxiliar o trabalho dos residentes nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidades de Pronto-atendimento (UPA) e centrais de regulação médica do município.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios