Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Interessados podem receber a dose da vacina gratuitamente nas Unidade de Saúde do Vivi Xavier e Policlínica Municipal

Neste sábado (30), das 8h às 18h, todos os interessados em se proteger contra a gripe poderão se vacinar contra os três tipos da doença. Isso porque 5 mil doses da vacina estarão disponíveis na Unidade Básica de Saúde Dr. Justiniano Clímaco da Silva, que fica na Rua John Lenon, nº 0, no Conjunto Vivi Xavier, e outras 5 mil doses serão dadas na Policlínica Municipal, localizada à Rua Benjamin Constant, 500, no Centro.

Ao todo, a Secretaria Municipal de Saúde vai disponibilizar gratuitamente 10 mil doses à população em geral, inclusive para aqueles que fazem parte dos grupos prioritários e que não se imunizaram antes. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, estas doses são as remanescentes da campanha de vacinação que encerrou na última sexta-feira (22). “A vacinação estará aberta para toda população enquanto durarem os estoques. Selecionamos a UBS do Vivi Xavier e a Policlínica para facilitar o acesso de todos, porque as duas unidades de saúde ficam próximas aos terminais de ônibus e têm equipes suficientes para atender a demanda”, explicou.

De acordo com Machado, os locais foram escolhidos, além de terem terminais de transporte coletivo próximos, foram escolhidos por se localizarem em pontos estratégicos da cidade, sendo um na região central e o outro na norte. Quem for se vacinar no sábado também não precisará se preocupar com o atendimento, pois ambos lugares contam com uma estrutura física e profissionais de saúde em número suficiente para atender uma grande demanda.

A vacina distribuída na rede municipal protege contra três vírus H1N1, H3N2 e o B Yamagata. Segundo os dados da Secretaria da Saúde, computados até dia 24 de junho, foi possível imunizar mais de 138 mil pessoas, o que representa 86,10% do público-alvo. A expectativa era vacinar 161 mil indivíduos.

Segundo os números atualizados, dentre os grupos prioritários, os professores da rede municipal foram os que mais tomaram a vacina, isso porque 5.623 deles se vacinou, o que representa 101,11% do grupo. Em seguida, estão os idosos com 99,28% deles, o que significa mais de 66 mil pessoas. Os demais grupos como trabalhadores em saúde (94,24%), puérperas (53,36%), gestantes (61,38%) e as crianças de 6 meses a 4 anos de idade (66%) também foram vacinados.

Ana Paula Hedler/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios