Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Saúde 18/09/2017  09h06

Secretaria de Saúde faz audiência pública para anunciar recursos de reforma do PAI e do Centrolab

Município deve investir cerca de R$ 3 milhões nas obras com recurso do governo estadual; espaços receberão uma série de melhorias

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza, na próxima quarta-feira (20), uma audiência pública para anunciar o recebimento de recursos estaduais destinados à reforma do prédio onde funcionam o serviço municipal de urgência e emergência Pronto Atendimento Infantil (PAI) e o Laboratório Municipal (Centrolab). O encontro é aberto para toda a população e irá ocorrer às 17h15, no auditório do Hospital Zona Sul, localizado na Rua das Orquídeas, 75, no Parque Ouro Branco.

Os recursos financeiros que a Prefeitura de Londrina está captando junto ao governo estadual serão apresentados publicamente na audiência. A intenção é anunciar à comunidade, de forma transparente, como a obra será financiada e dar mais detalhes sobre as melhorias que os locais irão receber, trazendo benefícios aos usuários e funcionários.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, a realização da audiência pública cumpre o rito legal recomendado pela Assembleia Legislativa do Paraná quanto à transferência de recursos feita pelo Governo do Estado aos municípios. “O anúncio do recurso vem em um ótimo momento, considerando que aquela unidade já tem quase 20 anos e realmente necessita de uma manutenção adequada. É importante ressaltar a parceria do governo estadual com a Prefeitura no sentido de trazer auxílio e suporte para que seja possível promover a reestruturação da Saúde em Londrina, objetivo que vem sendo buscado desde o início da administração do prefeito Marcelo Belinati”, comentou.

A previsão é de que sejam investidos R$ 3 milhões para a execução da reforma da sede do PAI/Centrolab. A área total a ser reformada, abrangendo os dois serviços, é de 3.162,82 metros quadrados. A obra permitirá uma readequação dos ambientes e melhorias diversas nas duas estruturas.

PAI - A reorganização do espaço do PAI permitirá a criação de novos ambientes como uma sala de punção e procedimentos, adequações da central de esterilização, de banheiros, farmácia, sala de coleta, sala de medicação e consultórios. Também haverá adequações na lavanderia, ampliação da sala emergência e da sala de inalação, criação da área de lazer brinquedoteca e de salas exclusivas para vacina, para sutura e para outros procedimentos. Para isso, haverá uma série de remanejamentos gerais para melhorar o fluxo de atendimento. Os serviços envolvem pintura geral, troca de forro e gesso, substituição e troca de pisos, portas e corrimãos, manutenção elétrica, reparos na iluminação, retirada e construção de paredes, ampliação do estacionamento, entre outros.

O PAI foi implantado em 1999 e é uma referência para a população na área de urgência e emergência. O serviço é voltado a crianças na faixa de 0 a 12 anos. No local são realizados procedimentos como consultas médicas, curativo, drenagem, retirada de pontos, inalação, sutura, administração de medicamentos, dispensação de medicamentos, verificação de pressão arterial, terapia de reidratação oral e Raio X.

Centrolab – O laboratório funciona no mesmo prédio do PAI. Neste ambiente, a reforma utilizará o piso superior do prédio, que terá uma entrada exclusiva. Atualmente, os usuários que acessam o laboratório para coleta de material utilizam a entrada do PAI, fator que aumenta o fluxo interno. A recepção será ampliada e o laboratório passará a contar com sala para coleta infantil, sala para coleta adulto e sala de coleta para gestante com poltronas para exames. Haverá, ainda, a construção de banheiros masculino e feminino, instalação de elevador interno para transporte de material coletado ao piso superior, reposicionamento de salas, entre outras intervenções.

Dessa forma, será possível acomodar de maneira mais adequada os novos maquinários e equipamentos que os locais possuem. O objetivo é melhorar o atendimento aos usuários, principalmente nos setores de recepção e coleta, além de otimizar o tempo de espera na liberação dos resultados dos exames.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios