Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Saúde 03/10/2017  09h04

Secretaria de Saúde inicia ações educativas na Campanha Outubro Rosa

Até o final de outubro, UBSs intensificam exames e promovem diversas ações com foco na prevenção ao câncer de mama e de colo de útero

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBS), realiza nos próximos dias atividades educativas e práticas em grupo, com diferentes temas que integram o “Outubro Rosa 2017” em Londrina. O objetivo da campanha é intensificar a conscientização a respeito da prevenção ao câncer de mama e de colo de útero, bem como reforçar a realização de exames preventivos ginecológico e clínico de mamas durante todo o mês.

A UBS Cafezal, na região sul, está desenvolvendo palestras com o tema "Conscientização sobre prevenção ao câncer de mama", realizadas pela equipe multiprofissional do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). Os trabalhos educativos estão sendo feitos nos períodos da manhã e da tarde com os grupos que já são atendidos pela UBS. As atividades tiveram início nesta segunda-feira (2) com os grupos de dançaterapia, tabagismo, emagrecimento e SOMA. Na terça-feira (3), às 8h30, a ação ocorre com o grupo Saúde em Ação. Já na quarta-feira (4), a palestra será de manhã e à tarde para os grupos de arteterapia, fisioterapia para dores crônicas, Mais Você e grupo de caminhada da região.

Na mesma unidade de saúde, haverá uma exposição de cartazes sobre câncer de mama e útero na quarta-feira (5), e também no dia 11 de outubro, a partir das 14 horas. O objetivo é orientar os usuários com informações relacionadas a formas de prevenção e tratamento das doenças. A UBS Cafezal está intensificando a coleta em todos os dias do mês de outubro, oferecendo 300 vagas (manhã e tarde), de segunda a sexta-feira. O atendimento ao público ocorre das 7 às 19 horas.

A coordenadora de Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde, Priscila Colmiran, frisou que o principal foco das ações é chamar a atenção da sociedade e incentivar, entre as mulheres, a tomada de atitudes importantes como o autocuidado e a prevenção em saúde, oferecendo orientações para fazer com que este público procure realizar seus exames com mais frequência. “Vivemos em um mundo onde tudo é corrido, e muitas vezes a mulher possui uma rotina atarefada, na qual precisa dar atenção para várias coisas ao mesmo tempo e acaba não sobrando espaço para cuidar da própria saúde. A ideia é sensibilizar as mulheres para que façam seus exames periodicamente. Tanto o câncer de mama como o uterino, quando diagnosticados precocemente, tem grande chance de cura, com índice que chega a quase 100% quando o tratamento é feito de forma adequada”, salientou.

Priscila lembrou que no decorrer de todo o mês de outubro as UBSs irão intensificar a realização de trabalhos educativos referentes à saúde da mulher, tendo como foco a promoção e prevenção em saúde. Dessa forma, serão abertos horários em agenda extra para exames clínicos das mamas, solicitações de mamografias e ultrassom para mulheres na faixa etária indicada e agendas para coleta de preventivos.

Também haverá abordagens nas salas de espera, distribuição de materiais educativos e ações com os grupos dos NASFs de diferentes regiões da cidade, além de testes rápidos para sífilis, HIV e hepatites, entre outros. A expectativa é repetir o alcance da última edição da campanha, quando houve a participação de cerca de 2.500 a 3 mil mulheres.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo. Segundo o Instituto Nacional de Câncer, ele corresponde a cerca de 30% dos casos registrados anualmente. Este tipo de câncer também pode atingir homens, mas apenas 1% dos casos da doença correspondem a eles.

As ações da campanha Outubro Rosa estão sendo organizadas pelo Hospital do Câncer de Londrina junto com o Movimento Outubro Rosa.

Dia D – A Secretaria Municipal de Saúde realiza, no dia no dia 21 de outubro, das 8h às 17h, o Dia D de combate ao câncer de mama e de colo uterino. Neste dia, todas as Unidades Básicas de Saúde da zona urbana estarão abertas para receber as mulheres que desejarem realizar os exames preventivos e outros que forem necessários para complementar o diagnóstico também serão solicitados pelos médicos.

Grupos prioritários - As mulheres de 25 a 64 anos fazem parte do grupo prioritário para a realização do preventivo de colo de útero, principalmente as que não realizam o exame há mais de três anos. Já a mamografia é indicada para mulheres acima de 40 anos quando há risco familiar, e, especificamente, na faixa dos 50 a 69 anos, quando não houver. Durante a campanha, estará disponível também a imunização contra o HPV, tanto para as meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos, e a população de 9 a 26 anos soropositivas para HIV/Aids e os transplantados.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios