Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Saúde 29/08/2017  08h55

Secretaria de Saúde oferta testes rápidos de hepatite em evento no aterro do Igapó

Atividades vão ocorrer no dia 1º de setembro; iniciativa promove qualidade de vida e cuidados com a saúde

A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participa, no dia 1º de setembro, do evento Bem Estar Global. A iniciativa é uma realização da Rede Globo, em parceria com a Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH) e Ministério da Saúde, que percorre diversas cidades do país oferecendo serviços que promovam saúde e qualidade de vida. A caravana estará no aterro do Lago Igapó, das 8 às 14 horas, desenvolvendo ações educativas para a população e, em especial, para portadores e pessoas com suspeita de doenças hepáticas.


A coordenadora em Saúde do Adulto da SMS, Juliana de Oliveira Marques, afirmou que no evento, a Prefeitura irá disponibilizar testes rápidos para detecção de hepatite B e C, sífilis e HIV. “A promoção à saúde e o trabalho de prevenção é um dos pilares da Secretaria, por isso estamos sempre abertos a participar de eventos que levem informação e conscientização para a população”, destacou.


Segundo Juliana, a oferta de testes rápidos durante o Bem Estar Global é uma forma de contribuir para o diagnóstico precoce, como parte de um trabalho de prevenção. “O procedimento total leva de 40 minutos a uma hora, aproximadamente. No início do atendimento, é feito aconselhamento para a pessoa que está fazendo esse teste, e após a conclusão do exame, essa conversa é retomada com base no resultado obtido. É importante orientar quanto aos comportamentos de risco, incentivando hábitos saudáveis e de prevenção, como o uso de preservativos”, explicou.


O secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, acrescentou que as parcerias entre o poder público e a sociedade civil organizada são muito importantes, inclusive para a aproximação com a população. “Nós vemos com bons olhos essas iniciativas, em especial quando se trata de ações de prevenção e promoção da saúde, como esse evento propõe. Por isso, aceitamos prontamente o convite de fazer parte desse projeto, disponibilizando uma equipe da SMS para fazer os testes rápidos de hepatite, e nutricionistas do NASF com ações de orientação para a população”, citou.


Machado considera que a oferta do teste rápido é uma forma de qualificar os diagnósticos de hepatite. “Para os casos que forem identificados, com resultados positivos nos testes, daremos o direcionamento para que esse paciente continue o tratamento dentro do SUS, nos locais de referência”, acrescentou.

De acordo com a enfermeira de Epidemiologia da 17ª Regional de Saúde, Rosangela Menezes, também participam do evento as secretarias municipais de Cambé, Ibiporã e Rolândia, além da Sociedade Brasileira de Infectologia e o SESI. “Serão realizadas várias ações durante o evento. E dentro dessa parceria vamos focar, em conjunto, na questão das hepatologias, em especial na hepatite B e C crônica, pois são doenças infectocontagiosas e silenciosas. A pessoa pode desenvolver os sintomas muitos anos depois do contágio”, frisou.

Rosangela explicou que o teste rápido para hepatite trata-se de uma ação de triagem, e o serviço será oferecido às pessoas que são suspeitas de terem as doenças. “A abordagem envolve a orientação sobre formas de contágio, prevenção e tratamento. É uma ação de muita responsabilidade, que exige profissionais qualificados. E por isso solicitamos a presença de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde de Londrina, que são capacitados e fazem esse serviço diariamente”, disse.

O Município também irá disponibilizar uma nutricionista do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) que, juntamente com um profissional de Nutrição do Cismepar e médicos que integram a SBH, darão orientações para o cardápio e alimentação de pessoas com problemas de fígado, como hepatite e cirrose hepática. “Estarão no evento médicos especialistas, residentes e internos, trazendo orientação específica quanto à manifestação clínica da doença, quais os cuidados e tratamentos, entre outras questões”, contou a enfermeira.

Outras entidades da sociedade civil organizada também estarão presentes no evento, que será transmitido ao vivo durante o programa Bem Estar, a partir das 10 horas.

Números – Dados divulgados pela Gerência de Vigilância Epidemiológica da SMS mostram que, no período de 2010 a 2016, Londrina teve um aumento na incidência de casos de hepatites virais, saltando de 220 notificações em 2010, para 320 casos em 2016.

Durante todo o ano passado, foram registradas 203 notificações de hepatite B, e 117 para hepatite C. E a faixa etária mais acometida é de pessoas com idade acima de 35 anos, sendo que 61% dos casos registrados em 2016 são de pessoas do sexo masculino.

Os testes rápidos são oferecidos na maioria das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do Município, e no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que funciona das 7 às 13 horas, de segunda a sexta-feira, na Alameda Manoel Ribas, nº 1. Gestantes podem fazer o teste na Maternidade Municipal Lucilla Ballalai, que fica na Rua Jacob Bartolomeu Minatti, 350, Vila Casoni.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios