Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

População deve redobrar cuidados contra a doença

A Secretaria municipal de Saúde foi comunicada ontem (20) sobre a confirmação de um óbito por Covid-19 em Tamarana. Trata-se uma paciente de 38 anos de idade, moradora da área rural. Ela lutava contra outras complicações decorrentes de demais problemas de saúde e faleceu no domingo (17), no Hospital Universitário (HU) de Londrina. O informe epidemiológico desta quarta-feira da Secretaria estadual da Saúde confirmou a infecção por Covid-19 (confira-o aqui: https://bit.ly/boletimcovid20demaio).

Em respeito aos familiares, não serão divulgados mais detalhes da paciente. A equipe da Prefeitura de Tamarana, em especial os profissionais da Saúde, expressam suas mais sinceras condolências à família dessa cidadã e desejam a eles toda força necessária para passar por esse momento.

Assim que houve a confirmação do caso, o prefeito de Tamarana, Beto Siena, e o diretor municipal de Ação em Saúde, Leandro Feronato, deram entrevista ao vivo na rádio comunitária Tamarana FM, que gentilmente cedeu espaço para que o poder público pudesse prestar os esclarecimentos necessários à população. A entrevista na íntegra pode ser ouvida na página da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tamarana no SoundCloud: https://soundcloud.com/comunica-tamarana/tamarana-lamenta-perda-de-moradora-por-covid-19

Além de transmitir condolências à família da munícipe, o prefeito Beto Siena voltou a salientar a mensagem que tem passado aos tamaranenses desde quando foram adotadas as primeiras medidas de prevenção à Covid-19, ainda em março. Ele defendeu que, somente com a conscientização coletiva, Tamarana poderá superar esse momento. "Perdemos uma cidadã. Temos o primeiro caso e, infelizmente, com óbito. Agora é não deixar isso crescer. A gente volta a frisar: é o cidadão que vai fazer a diferença contra o coronavírus".

O diretor municipal de Ação em Saúde, Leandro Feronato, explicou que a secretaria já tem monitorado toda a família da vítima, orientando-os a permanecer em casa. "Precisamos nos sensibilizar e, efetivamente, fazer uso das precauções que a gente já tem divulgado em todos os lugares. Distanciamento social e uso da máscara são importantíssimos", exemplificou ele.

De 20 de março a 20 de maio, a Saúde atendeu 143 casos de síndromes respiratórias diversas no ambulatório criado no Hospital Municipal São Francisco para acolher especificamente essas situações.

Dentro desse grupo, 24 pessoas foram notificadas como suspeitas para o novo coronavírus. Cinco delas, em quadros mais delicados, foram testadas – entre elas, a vítima confirmada. As outras quatro negativaram para o vírus. Doze pacientes seguem em monitoramento domiciliar.

Tamarana faz parte da 17ª Regional de Saúde, que abrange 21 municípios da região. Conforme o informe epidemiológico estadual desta quarta-feira, casos da Covid-19 já foram confirmados em 15 deles.

Lucas Marcondes Araújo/Asimp/PMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios