Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Tamarana tem segunda confirmação de Covid-19. Possibilidade é de caso importado

A Secretaria municipal de Saúde informa que houve uma segunda confirmação de Covid-19 em Tamarana. Trata-se de uma servidora da pasta. Ela também atua em uma instituição de saúde de outra cidade e, preventivamente, já se encontrava afastada de suas funções desde o último dia 14. Seu quadro de saúde não é de sintomas preocupantes. O exame laboratorial que atestou a infecção saiu no fim da quinta-feira (21). O dado ainda deverá constar nos próximos informes epidemiológicos emitidos pela Secretaria da Saúde do Paraná.

Por ser da área, a paciente conhece a problemática e já recebeu orientações sobre o isolamento domiciliar rigoroso, relatou a Secretaria de Saúde. A secretaria considera a possibilidade de o vírus ter sido adquirido na unidade hospitalar do município vizinho. A servidora ainda comunicou à Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Hospital Municipal São Francisco, de Tamarana, que a equipe que trabalha com ela nessa outra instituição também está afastada, sob investigação quanto ao novo coronavírus.

Ao mesmo tempo, os cinco servidores da Saúde que, no último fim de semana, atenderam a paciente da zona rural de Tamarana vitimada pela Covid-19 foram cautelarmente afastados de suas funções, também encaminhados para isolamento domiciliar. Eles não apresentaram sintomas da doença, mas, por precaução epidemiológica, a secretaria adotou a medida. Do grupo, quatro moram em Tamarana e um reside em outro município.

Balanço de atendimentos

Desde 20 de março, quando começou a funcionar, o ambulatório para problemas respiratórios criado no Hospital Municipal São Francisco realizou 146 atendimentos. Desde então, foram 25 notificações de suspeitas de Covid-19 na Saúde local. Duas acabaram confirmadas por exames laboratoriais.

Ao todo, 17 munícipes se encontram atualmente orientados para o isolamento domiciliar. Os dados se referem até o começo da tarde desta sexta-feira (22). O ambulatório fica à esquerda da entrada principal do hospital.

Orientações permanecem

A Saúde destaca que praticar o distanciamento social, utilizar máscara de proteção caso seja necessário ir às ruas, manter pessoas do grupo de risco em casa e higienizar constantemente as mãos são algumas das principais orientações para proteger a si mesmo – e também a comunidade – contra o novo coronavírus.

Caso tenha dúvidas em relação ao tema, o tamaranense pode ligar para o telefone 3398-1988. Além disso, mais detalhes sobre prevenção (inclusive os informes epidemiológicos diários a respeito dos casos nas cidades do estado) estão disponíveis nesta página do governo do Paraná: www.coronavirus.pr.gov.br

Crimes contra a saúde pública

Por fim, a Procuradoria-Geral da prefeitura alerta que possíveis situações de descumprimento às normas do isolamento domiciliar já têm sido acompanhadas e, se confirmadas, serão passíveis de denúncia ao Ministério Público do Paraná e à Justiça. A mesma medida pode ser adotada pelo órgão contra quem produz e ajuda a divulgar informações falsas a respeito da Covid-19.

Lucas Marcondes Araújo/NCPMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios