Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A secretaria estadual de Saúde (Sesa) suspendeu por 30 dias a realização de cirurgias eletivas no Paraná. “Devido ao aumento significativo do número de casos confirmados de Covid-19 no Estado e a elevada ocupação dos leitos de UTI e enfermaria, a norma teve que ser imposta”, destacou o vice-líder do Governo, o deputado estadual Cobra Repórter.

A Sesa divulgou, ontem (26), mais 2.346 casos confirmados e 64 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 266.639 casos e 5.989 mortes em decorrência da doença.

A determinação, publicada por meio da Resolução Sesa nº 1412/2020, tem validade a partir do dia 1º de dezembro de 2020. Segundo a Sesa, poderá ser estendida ou reduzida de acordo com a situação epidemiológica e a taxa de ocupação de leitos de UTI e enfermaria no Estado.

A nova Resolução não se aplica aos procedimentos de cardiologia, oncologia e nefrologia. Também não suspende os exames considerados necessários, em caráter de urgência, pelo médico prescritor, procedimentos realizados em âmbito ambulatorial e outros procedimentos considerados de urgência ou emergência.

Meire Bicudo e Veruska Barison/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.