Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Crianças e gestantes continuam sendo imunizadas durante a semana; idosos, com 60 anos ou mais, totalizam 72.272 dos vacinados

A cidade de Londrina vacinou até o momento 117.995 pessoas, por meio da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe que iniciou em 23 de março. A maior parte das doses foi aplicada em idosos, com 60 anos ou mais, totalizando 72.272, seguido por pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (14.655), crianças de 6 meses a 6 anos (2.719), professores (2.477), adultos com 55 a 59 anos (1.770), trabalhadores do transporte coletivo (874), população privada de liberdade (789),  forças de segurança e salvamento (687), gestantes (516), pessoas com deficiências (99), funcionários do sistema prisional (87) e puérperas (69).

A diretora de Vigilância em Saúde, Sônia Fernandes, disse que nem todas as vagas disponíveis para vacinação foram preenchidas na ação de imunização realizada no último sábado (8), nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), por isso sobraram algumas doses que serão aplicadas em crianças e gestantes durante a semana.

Com relação às crianças, a dose será aplicada durante a realização das vacinas de rotina, e as gestantes serão imunizadas ao fazer o pré-natal nas unidades. “Aos demais grupos, vamos organizar nova ação de agendamento, encerrando a campanha de vacinação”, adiantou Sônia.

A diretora apontou que houve uma baixa adesão das pessoas com deficiências. “Das 99 doses aplicadas neste grupo, 58 foram em pessoas com surdez que participaram da ação de vacinação especifica realizada no CMEI Valéria Veronesi. Com certeza temos uma população muito maior de pessoas com deficiências, que deveria estar recebendo a vacina, por isso também pensaremos em uma ação específica para este público, a fim de melhorar a cobertura vacinal deles”, afirmou.

A Vacina Influenza Trivalente não protege contra o coronavírus, contudo é uma maneira de proteger contra doenças respiratórias, que podem favorecer o aparecimento de outras infecções. Ela garante a proteção contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no Hemisfério Sul, incluindo o H1N1.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios