Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na terça-feira, 16 de fevereiro, o número de assinaturas chegou a 1,4 milhão

A campanha "10 medidas contra a Corrupção" está próxima de atingir a meta de 1,5 milhão de assinaturas de cidadãos para transformar-se em projeto de lei de iniciativa popular no Congresso Nacional. Na terça-feira, 16 de fevereiro, a campanha registrou 1,4 milhão de apoios. A partir deste momento, o site da campanha vai mostrar a contagem regressiva das assinaturas que restam para a conclusão da coleta.

As medidas propostas pelo Ministério Público Federal (MPF) buscam, entre outros resultados, tornar mais rápida a tramitação das ações de improbidade administrativa e das ações criminais; instituir o teste de integridade para agentes públicos; criminalizar o enriquecimento ilícito; aumentar as penas para corrupção de altos valores; responsabilizar partidos políticos e criminalizar a prática do caixa 2; revisar o sistema recursal e as hipóteses de cabimento de habeas corpus; alterar o sistema de prescrição; instituir outras ferramentas para recuperação do dinheiro desviado. O MPF encaminhará as propostas ao Congresso Nacional na forma de projeto de lei de iniciativa popular.

O cidadão que quiser manifestar apoio ao projeto pode procurar a unidade do MPF mais próxima para assinar a ficha de apoiamento ou imprimir a ficha a partir do site. As assinaturas coletadas devem ser entregues em uma sede do MPF ou enviadas pelo correio para Procuradoria Geral da República - 5ª Câmara de Coordenação e Revisão - SAF/SUL Quadra 04 Conjunto C - Bloco B – 3ª Andar, Sala 305 - CEP: 70050-900 Brasília/DF.

Até o momento, 885 instituições de diversos segmentos da sociedade civil como universidades, entidades religiosas, sindicatos, federações, associações, conselhos e entidades públicas já manifestaram apoio às 10 medidas.

A íntegra das medidas, a ficha de assinatura e o assinômetro com os dados de cada estado estão disponíveis no site www.10medidas.mpf.mp.br.

Asimp/ Procuradoria da República no Paraná

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios