Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Estado intensificou neste mês de maio as ações de enfrentamento ao problema da violência sexual contra crianças e adolescentes. A medida faz parte da mobilização de 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

No Paraná, 67 municípios estão mobilizados e desenvolvem uma série de atividades para sensibilizar a sociedade. Entre os trabalhos executados está a distribuição de material informativo, gincanas, peças teatrais, oficinas temáticas, caminhadas, palestras e atividades em escolas.

Ontem (28), no município de Chopinzinho, na região Sudoeste, serão realizadas nas escolas gincanas culturais e palestras voltadas para os jovens e população em geral. As são promovidas em parceria pela Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Conselho Tutelar.

No município de Saudade do Iguaçu, também no Sudoeste, os estudantes poderão assistir, na sexta-feira (30), a palestras que têm o combate ao abuso e à exploração sexual como tema. Desde segunda-feira (26), cartilhas informativas são distribuídas em pontos específicos da cidade.

Em Guarapuava, no Centro do Estado, as ações também seguem até sexta-feira (30). Durante todo o mês, a parceria de diversas entidades garante a apresentação de peças teatrais, palestras, composição de poesias e músicas de hip hop, além de pedágios socioeducativos, com a entrega de panfletos.

Em Pinhão, na região Centro-Sul, as atividades acontecem desde o início deste mês e seguem até novembro. Entre os trabalhos está a mobilização nos bairros e nas áreas rurais e a entrega de panfletos e adesivos no comércio. Até novembro, técnicos do Creas visitarão 23 localidades rurais para coletar informações e orientar a população sobre como é feito o atendimento e o encaminhamento no caso de uma ocorrência de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes.

Adolescente e seus pais de Nova Santa Rosa, no Oeste, vão poder assistir a palestra até sexta-feira. O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes também foi lembrado no município com a distribuição de panfletos.

Em Foz do Iguaçu, também na região Oeste, as ações vêm acontecendo desde o início do mês com palestras para as famílias, capacitação de policiais civis, passeatas e seminário. Na sexta-feira haverá uma reunião da Rede Proteger para analisar os avanços do pacto de apoio ao Plano Operacional e ao Plano Transnacional para o enfretamento ao abuso, exploração sexual e tráfico de crianças e adolescentes em Foz do Iguaçu e na tríplice fronteira. À tarde estão programadas apresentações culturais.

Entre os municípios que também desenvolveram ações para alertar a sociedade para o combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes está Londrina, Pitanga e Ibiporã. Nestes municípios a população pode participar de peças teatrais, palestras, oficinas e passeata.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios