Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter (PSD) sugeriu que policiais civis aposentados integrem o Programa Escola Segura por meio de requerimento protocolado e aprovado esta semana na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). O requerimento foi direcionado ao governador Ratinho Junior e ao secretário estadual de Segurança Pública, Luiz Carbonell. 

“Fui procurado por policiais civis aposentados que estão interessados em participar do Programa, por isto tomei esta iniciativa. Se o nosso requerimento for efetivado, a estrutura será fortalecida garantindo ainda mais segurança às nossas crianças e adolescentes que estão na rede pública de ensino“, disse o deputado Cobra Repórter.

O Governo do Paraná definiu novas regras para o Programa Escola Segura, projeto que pretende reforçar a segurança nos colégios estaduais. As novas alterações, publicadas na terça-feira (2), indicam que serão selecionados mais 80 militares inativos. Também foi autorizada a participação de cabos e sargentos no projeto, antes só soldados poderiam se inscrever.

Outra alteração no projeto é que os policiais selecionados receberão um salário mensal e não mais por dia trabalhado. O salário para soldado será de R$ 3 mil, para cabo será de R$ 3.300, para 3° sargento será de R$ 3.564 e para o 2° sargento será de R$ 3

Meire Bicudo/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios