Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

AEN
 
Todas as escolas da rede estadual do Paraná estão recebendo novos equipamentos de combate a incêndio. Na sexta-feira (13), o secretário de Estado da Educação e vice-governador, Flávio Arns, entregou parte destes equipamentos e também certificados do curso de formação de Brigada Escolar, no Colégio Estadual Dom Pedro II, em Curitiba. Arns também fez a doação de dois terrenos paro o Corpo de Bombeiros - um em São José dos Pinhais e o outro em Piraquara, municípios da Região Metropolitana de Curitiba.

O Governo do Estado investiu mais de R$ 4 milhões na compra de 30 mil extintores, 60 mil placas de sinalização e 30 mil blocos de iluminação de emergência para o Programa Brigada Escolar. “É um investimento importante e necessário. O grande desafio é preservar a vida, fazer com que todas as pessoas fiquem em segurança. As brigadas escolares estão constituídas nos colégios e tudo isso faz parte de uma política pioneira no Brasil”, destacou o vice-governador.

Os equipamentos foram adquiridos pela Secretaria de Estado da Educação e entregues nos quartéis dos Bombeiros nas várias regiões do Estado. A distribuição nas escolas está sendo organizada pelos Núcleos Regionais de Educação.

Os extintores e placas estão chegando primeiro. Cada escola receberá uma média de 10 a 12 extintores, dependendo do porte. Numa segunda etapa, ainda neste semestre, serão entregues os blocos de iluminação. A Secretaria da Educação repassou uma cota de R$ 2,3 mil para cada colégio instalar os equipamentos, que seguem especificações do Corpo de Bombeiros.

Todas as escolas da rede estadual têm funcionários que participaram do curso de Brigadista Escolar. A capacitação faz parte do Programa Brigada Escolar criado pelo Governo do Estado em 2011. Mais de 6 mil pessoas já são brigadistas escolares e ficam responsáveis por implantar o Plano de Abandono, que deve ser aplicado em casos de incêndio, explosão ou de outras situações em que seja necessário retirar a comunidade escolar das instalações.

O tenente coronel e coordenador da Defesa Civil, Edmilson Barros, explicou que a meta é ter aproximadamente 18 mil brigadistas escolares até o fim de 2014. “A formação dos brigadistas é fundamental para aplicar o plano de abandono do prédio escolar com segurança. A atual gestão tratou de forma séria essa questão e hoje o Paraná é referência para outros estados”, disse.

Novidade
 
As 413 escolas especiais do Estado receberão o treinamento de plano de abandono, além de equipamentos como extintores, sinalização e luz de emergência. O curso de brigadista tem duração de 60 horas e conta com aulas práticas e teóricas.

A Brigada Escolar é uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação, Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros e Batalhão da Patrulha Escolar Comunitária da Polícia Militar. O Programa tem como foco desenvolver a cultura da prevenção e da segurança nas comunidades escolares do Paraná.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios