Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Gibran Mendes/Asimp

A corporação responsável pela segurança de mais de 100 mil pessoas está com sua infraestrutura precária e comprometida. A denúncia foi feita pelo deputado Gilberto Martin (PMDB) que pedirá ao Governo do Estado uma rápida solução. Ele visitou as instalações e ficou perceptível as dificuldades enfrentadas pelos policiais para exercerem seu trabalho diariamente.
 
“Mas, ressalte-se, que a equipe tem feito muito bem seu trabalho, sobretudo com as condições que tem”, pontuou Martin. Ele relevou que o prédio onde funciona a companhia é extremamente reduzido para as necessidades da corporação na cidade. “Um prédio muito pequeno com estrutura acanhada. Lá eles precisam fazer o B.O, recebem a população e funciona o 190 e a estrutura da P2. Na mesma mesa eles fazem suas refeições e ficam expostos os objetos apreendidos nas operações”, ressaltou Martin.
 
O espaço onde deveria estar o alojamento está a céu aberto e a área onde ficam todos os veículos está cheia, com carros e motocicletas abandonados há anos. “O que transforma esta questão, além de segurança pública, também em uma questão de saúde pública. Todos sabemos que estes veículos tornam-se, facilmente, criadouros do mosquito da dengue”, avaliou Martin.
 
Ele garantiu que vai acompanhar e cobrar da secretaria de segurança uma solução para o problema da forma mais rápida possível. Uma indicação legislativa com a solicitação será enviada para o Governo do Estado. “Esta é uma situação desconhecida para a maioria da população e é surpreendente o fato de que uma estrutura que deve ser responsável pela segurança de mais de 100 mil pessoas esteja tão defasada”, completou o deputado.
 
Martin esteve com representantes do Conselho Municipal de Segurança e diversos vereadores na visita ao prédio da Companhia da Polícia Militar de Cambé.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios