Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O objetivo da ação é garantir a tranquilidade e segurança para as pessoas que frequentam o local no fim de semana

Na tarde do último domingo (20), a Guarda Municipal de Londrina, Polícia Militar e Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) realizaram a quarta operação nas imediações da barragem do Lago Igapó 1. A ação é resultado das diversas reclamações que chegaram à Central 153 da GM, e 190 da PM. As forças de segurança fiscalizaram o uso irregular do espaço público, perturbação de sossego, depredação do patrimônio, tráfico de drogas, som alto, consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas e infrações de trânsito.
A operação começou às 14h30 e terminou às 17h30. Foram emitidas 43 notificações de trânsito, sendo 34 pela Companhia de Trânsito da PM e nove pela CMTU, 18 notificações a menos em comparação com a blitz da semana passada. Ao todo, 15 veículos foram apreendidos, sendo 13 motocicletas e dois automóveis. A maioria das infrações registradas foi de irregularidade no escapamento das motocicletas e condução de veículo sem habilitação.
De acordo com o comandante da operação, Aspirante Maia da PM, a queda no número de notificações é resultado de uma conscientização da população. “Hoje a gente viu que caiu o número de notificações. O pessoal está ficando mais consciente. Não tivemos nenhuma ocorrência que precisou de encaminhamento. A gente já não vê mais aquela aglomeração de pessoas com som alto, fazendo racha com veículo, empinando moto, e começamos a ver que as famílias voltaram a frequentar esse lugar”, explicou.
Informação da Guarda Municipal aponta que 15 motociclistas tentaram escapar do bloqueio e foram reconduzidos à blitz para averiguação. Para o diretor da GM, Daniel Sakama, as pessoas devem denunciar qualquer irregularidade que observarem na cidade. “É importante que se mantenha a ordem no espaço pertencente ao município e à comunidade. Vale ressaltar que a denúncia é importante. Essa fiscalização, por exemplo, é resultado das informações recebidas pela central 153 e 190 da PM”, comentou.
Sakama destacou também a aprovação da comunidade durante a operação. “Muitas pessoas passaram pela blitz e elogiaram o trabalho das forças de segurança, porque elas sabiam como estava caótica a situação do local. Nosso objetivo é continuar trabalhando de forma conjunta para manter Londrina cada vez mais segura”, afirmou.

As operações conjuntas vão prosseguir nos próximos finais de semana. Denúncias podem ser feitas diretamente pelo telefone 153 da Guarda Municipal, ou o número 190 da Polícia Militar.
(Bruno Amaral/Defesa Social)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios