Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O objetivo é fortalecer a GM e dar sequência ao crescimento obtido em 2014; entre as atividades está um curso de tiro para os agentes

A Guarda Municipal (GM) começou 2015 fortalecida e melhor preparada para exercer sua função de dar suporte às ações de segurança na cidade. Isso se deve à produtividade da instituição no último ano, comprovada pelos números e informações divulgados por um balanço da Secretaria Municipal de Defesa Social, pelo crescimento da corporação e pelo montante de atividades e projetos realizados em 2014. Os esforços da Prefeitura de Londrina, através da Defesa Social, para qualificar o trabalho dos agentes e estruturar as equipes continuam em 2015.

O  secretário de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães, afirma que as perspectivas para esse ano são boas e a intenção é dar continuidade a escalada de melhorias que vem sendo feitas. “Para esse ano, temos uma atividade já bastante esperada que é a realização do curso de tiro para os guardas municipais. Em seguida, está prevista, através do Cismel, a compra da nossa rádio-comunicação, que é algo essencial para os agentes, tão importante quanto o armamento. Além disso, vamos promover cursos para aperfeiçoar o trabalho dos agentes e pensamos em uma alteração da nossa sede”, destaca.

A “Operação Verão Londrina 2015”, ação que teve início na última semana com o objetivo de reforçar a segurança e fiscalização na região dos lagos, também conta com a mobilização e apoio da GM. Os agentes estão atuando em conjunto com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e CMTU, fazendo patrulhamentos diários e dando suporte em operações, ações de trânsito e orientação aos munícipes nos espaços de lazer abrangidos.

2014 - ano repleto de ações e projetos

Um ano de crescimento da instituição e muito trabalho. Assim foi 2014 para a Guarda Municipal, que se fez presente de diversas formas atuando na cidade. Foram realizados patrulhamentos, atendimentos a ocorrências e segurança de postos fixos, trabalhos de encaminhamento, monitoramento, vistorias, projetos de orientação e palestras, além de vários cursos de aperfeiçoamento para aprimorar o importante trabalho desempenhado pelos agentes no município.

“No início de 2014 tivemos algumas dificuldades e mudanças nas atividades da GM, mas isso não impediu que pudéssemos desenvolver um bom trabalho de patrulhamento e o resultado foi aparecendo. Inúmeras ocorrências atendidas, combate a uso de entorpecentes, recuperação de veículos, encaminhamentos e até mesmo prisão de foragidos da justiça. Isso mostra que a GM está realizando um ótimo trabalho e tem tido uma aceitação boa, porque está atuando de forma eficiente e isso está sendo reconhecido”, ressalta Rubens Guimarães.

Ao longo de 2014 foram atendidos 42 postos que contaram com a presença de agentes fixos da GM, incluindo unidades de atendimento à população nas áreas de saúde, educação, assistência social, conselho tutelar e outros. Do total, 21 tiveram a presença fixa de guardas municipais durante 24h, outros seis em 12h nos períodos diurno e/ou noturno e 15 postos tiveram atendimento de oito horas por dia, conforme o funcionamento da unidade.

Área urbana e rural atendidas

O patrulhamento urbano foi feito em diversas regiões da cidade, incluindo vias, praças, academias ao ar livre, região dos lagos e espaços de lazer. Também foram atendidos distritos rurais de Londrina pelas equipes da Guarda Municipal Ambiental Comunitária (GMAC), que, diariamente, acompanharam as áreas atendendo às solicitações da população. Em 2014, a Guarda Municipal atendeu um total de 401 ocorrências e fez cerca de 400 encaminhamentos.

O destacamento de efetivo extra deu apoio a 344 eventos, sendo eles: competições esportivas, comemorações religiosas e escolares, festas populares e rurais, Eleições 2014, Jogos Escolares da Juventude e Operação Natal 2014.

O setor de Defesa Civil contabilizou 56 ocorrências atendidas no ano passado. Isso inclui casos de quedas de árvores, destelhamento de casas, derramamento de óleo em via pública, entre outros. Também foram realizadas 76 vistorias técnicas em imóveis possíveis causadores de riscos a seus moradores ou de imóveis vizinhos.

Escolas municipais recebem apoio e conhecimento

Através da Guarda Municipal Escolar Comunitária (GMEC), foram feitas visitas em todas as unidades escolares com orientação a alunos e professores sobre discussões e desentendimentos entre alunos e situações corriqueiras do âmbito escolar que são encaminhadas às autoridades policiais, quando necessário.

Palestras para pais, professores e comunidade escolar abordaram temas variados, com foco voltado para o bem estar da criança. Neste sentido, destacou-se o Programa de Interação Social, um ciclo de palestras sobre cidadania, solidariedade e temas afins, destinado a alunos do 5º ano do ensino fundamental. Em 2014 o programa atendeu 137 turmas de 44 unidades escolares, somando 3.435 alunos participantes do projeto.

O Projeto Guarda Municipal Mirim, realizado entre agosto e novembro, foi incluído como projeto piloto na Escola Municipal Maestro Roberto Panico, com uma turma do 3º ano composta por 23 alunos. Este projeto abordou temas referentes aos valores familiares, cidadania, meio ambiente e civismo. Os alunos também fizeram atividades no entorno da escola, realizando coleta de lixo reciclável e aprendendo sobre crime e pichação.

Cursos aperfeiçoam trabalho dos agentes

A Guarda Municipal realizou dois cursos de formação para novos profissionais. O primeiro formou 182 agentes, e o segundo curso 49. Ao todo, a Defesa Social conta com 367 homens, mas quando o prefeito assumiu eram apenas 191.

Os cursos realizados foram os seguintes:

- Curso Multiplicador de Polícia Comunitária para atuar no Programa “Crack, é Possível Vencer”, coordenado pelo ministério da Justiça, formou 41 Guardas Municipais.
- Curso para manuseio de armamento menos letal: operador de dispositivo eletro incapacitante (Spark) e espargidor de agentes químicos.
- Curso de pilotagem de motocicleta nível I, com objetivo de melhorar a ação da Guarda Municipal em situações que exijam maior agilidade.
- Curso para Operador de Motosserra ministrado pela SEMA, para apoio em situações que seja acionada a Defesa Civil.
- Capacitação Técnica sobre Drogas, promovido pelo Centro Antitóxico de Prevenção e Educação da Divisão Estadual de Narcóticos.
- Curso de capacitação “Conhecer para Prevenir”, ministrado pela Guarda Municipal de Curitiba, que tem como objetivo direcionar as ações que devem ser promovidas em situações de desastres naturais ou provocados. Participaram alunos, professores e funcionários da Escola Municipal Maria Cândida Peixoto Salles.
- Curso para Operador de Micro-ônibus utilizado no Programa Crack, é Possível Vencer.
- Dois ônibus de videomonitoramento foram adquiridos para Londrina. Eles foram adquiridos em outubro e equipados para combater o tráfico e consumo de entorpecentes no município.

NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios