Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O efetivo da Guarda Municipal (GM) de Londrina irá passar por um curso de armamento e tiro, que vai permitir que os agentes se tornem aptos a portarem arma. O curso teve início nesta terça-feira (dia 3), em dois turnos: das 7h30 às 12h30 e das 13 às 18horas, com duas turmas compostas por 30 guardas cada.  Todo o efetivo da GM, composto por 367 agentes, passará pelo treinamento, exceto aqueles que foram reprovados em testes psicológicos.O curso deverá ser concluído em aproximadamente 8 meses.

Os agentes vão passar por um treinamento rigoroso, com carga horária de 160 horas, das quais 100 horas práticas e 60 teóricas. O treinamento será ministrado por oficiais da Polícia Militar, que integram o 2º Comando Regional do Norte do Paraná, e acontece de segunda a sexta-feira, no Tiro de Guerra (Avenida Salgado Filho, 1.334, Jardim Califórnia). “Enquanto estamos fazendo o curso para o restante dos guardas, os que forem concluindo já terão a autorização legal para o porte de arma e já irão para as ruas armados”, ressaltou o secretário municipal de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães.

O secretário falou sobre o conteúdo da formação. “No curso, os agentes vão aprender como manusear a pistola PT 380 e o revólver calibre 38. Irão desmontá-la para aprender toda a teoria, além da parte prática, incluindo tiros em pé, deitado, em movimentos, entre outros”, informou o secretário. O armamento e munição já estão disponíveis para a GM. São 249 pistolas e 15 revólveres calibre 38, além de 120 armas não letais.

Núcleo de Comunicação/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios