Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A 20ª Área Integrada de Segurança Pública, cuja sede é Londrina, e que abrange também os municípios de Cambé, Ibiporã e Tamarana, registrou queda de 50% nos homicídios dolosos (com intenção de matar). O índice se refere ao primeiro trimestre deste ano, quando foram registrados 17 homicídios na região. No mesmo período de 2014 foram 36. 

Só na cidade de Londrina, a redução nos homicídios foi de 44%, quando comparado os três primeiros meses de 2015 com o mesmo período do ano passado. Durante os três primeiros meses do ano, não houve nenhum caso de latrocínio (roubo seguido de morte) em toda a região. 

O resultado foi apresentado pelo secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Fernando Francischini, nesta quinta-feira (28), durante a posse do novo delegado responsável pela Subdivisão Policial de Londrina, Sebastião Ramos dos Santos Neto. 

A queda nos homicídios na região de Londrina reverte uma tendência de aumento, que havia sido verificada no ano de 2014, quando houve acréscimo de 22% neste tipo de crime na comparação com o ano anterior. 

“Vínhamos de um cenário preocupante, com um aumento no número de mortes. A polícia está nas ruas e o resultado é esta queda de 44% de homicídios só em Londrina e de 50% em toda a região. Um ótimo trabalho das nossas polícias”, destacou Francischini. 

Além dos homicídios, outro índice criminal que teve redução no primeiro trimestre foi o de roubos consumados (-10%), passando de 1.242 em 2014 para 1.122 em 2015. No mesmo período, o roubo de veículos caiu 36% na região de Londrina, com 160 registros, contra 249 de janeiro a março de 2014. 

As ações policiais também têm sido mais intensas no combate ao tráfico de drogas: houve aumento de 46% nas ocorrências envolvendo tráfico e de 21% nas ocorrências sobre uso/consumo de entorpecentes. 

“Com a posse no novo delegado subdivisional de Londrina, nossa expectativa é de forte integração com a Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e a Polícia Militar, que já tem apresentado excelentes resultados na região. Atuando em conjunto, inclusive com o Ministério Público, vamos manter os resultados que vinham sendo apresentados pela gestão anterior e dar um novo estímulo para a equipe”, resumiu o delegado-geral da Polícia Civil do Paraná, Julio Cezar dos Reis. 

SUBDIVISIONAL - Sebastião Ramos dos Santos Neto foi designado para assumir a 10ª Subdivisão Policial (SDP), em Londrina, Norte do Estado. Santos Neto substitui o delegado Márcio Amaro, que se aposentou. Ele foi indicado baseado em critérios técnicos. 

“Assumo o desafio de contribuir, junto às demais forças policiais, para a redução dos índices criminais e dar continuidade aos trabalhos que vinham sendo desenvolvidos. A equipe de delegado-adjunto, superintendente e demais policiais se mantém”, afirmou Santos Neto. 

O novo delegado subdivisional de Londrina estava ocupando a Corregedoria de Assuntos Internos da Polícia Civil. Faz parte da corporação desde 1981, quando ingressou como agente de polícia. No ano de 1994, assumiu a função de delegado de polícia, tendo respondido pelas delegacias de Laranjeiras do Sul; Alto Maracanã/Colombo; Delegacia de Furtos e Roubos; e Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e Delegacia do Adolescente. Também trabalhou no Grupo de Planejamento da Polícia Civil, foi delegado-adjunto da Divisão Policial da Capital (DPCap) e corregedor na região de Cascavel. 

INVESTIGAÇÃO – Durante a apresentação dos resultados atingidos pelas equipes policiais na região de Londrina, Francischini também afirmou que foi determinada prioridade na investigação de ameaças a jornalistas que teriam ocorrido na cidade. “Vamos apurar tudo com rigor e dar ampla transparência”, disse ele. 

Agência de Notícias PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios